Compartilhe

Corinthians mira mais do que os quatro reforços prometidos por Augusto

Por Globo Esporte    Terça-Feira, 9 de Julho de 2024


A janela de transferências do mercado brasileiro abre nesta quarta-feira, e o Corinthians corre para reforçar o elenco além dos quatro reforços "para jogar" prometidos pelo presidente Augusto Melo.

Além de ter anunciado o goleiro Hugo Souza e encaminhado acordo com o volante Alex Santana, do Athletico, o clube conversa com o também volante Charles, do Midtjylland, da Dinamarca. O atleta de 28 anos é alto (1,87m) e chegaria para melhorar fisicamente o setor.

 

Augusto Melo em Cruzeiro x Corinthians — Foto: Fernando Moreno/AGIF

Augusto Melo em Cruzeiro x Corinthians — Foto: Fernando Moreno/AGIF

Corinthians ainda analisa o mercado na busca por um zagueiro, um atacante e até um lateral-esquerdo. Cristian Borja, que atuou a última temporada pelo Braga, de Portugal, é um nome estudado pelo clube, mas sem grandes avanços nas últimas semanas.

Na defesa, o clube trouxe Cacá por empréstimo em março para preencher a lacuna deixada por Lucas Veríssimo, porém, avalia a necessidade de ter um novo nome. Na pauta, André Ramalho, 32 anos e livre após passagem pelo PSV, foi consultado.

Desde o início da temporada, o clube mapeia o mercado por nomes para o ataque, com características de velocidade. Necessidade, esta, ainda maior com a iminente saída de Gustavo Mosquito, que não deve mais atuar pelo clube após buscar a Justiça para rescindir contrato.

Os avanços dependem diretamente da “criatividade” do clube, já que faltam recursos para viabilizar grandes investimentos neste momento. Internamente, a necessidade da chegada de novos nomes é vista como fundamental para evitar o rebaixamento para a Série B.

Em 15 rodadas de Série A, o Corinthians somou apenas 12 pontos e está na zona de rebaixamento.

Somente nesta temporada, a diretoria gastou mais de R$ 130 milhões na contratação de novos nomes para o elenco.

O investimento aumentará apesar da crise financeira que ganhou novos capítulos com a saída da VaideBet, principal patrocinador do clube e que gerava uma receita de R$ 10 milhões por mês. Ainda não há uma nova parceira no espaço mais nobre da camisa alvinegra.

« Voltar

BRASILEIRÃO

Árbitra patoense Ruthyanna é escalada para 4ª árbitra em jogo Flu x Palmeiras pela Série A

ESTATÍSTICAS

Pedro abre contagem para entrar no top-10 dos artilheiros do Flamengo

Veja também...

CUIDADOS

Previsão de umidade muito baixa gera alerta para Patos

SUCESSO

2º Festival da Galinha de Capoeira promete ser um sucesso neste fim de semana em Santa Gertrudes

NA PARAÍBA

Paraibano vai receber R$ 8 mil de indenização após falsa acusação de furto