Compartilhe

VOCÊ NÃO PODE PERDER - O 'Coisa Ruim' no Planalto e a inércia em Patos

Por Vicente Conserva - 40 Graus    Terça-Feira, 12 de Outubro de 2021


ROMPIMENTO À VISTA

Para resolver o clima pesado entre a relação política do senador Veneziano Vital do Rêgo e o govenador João Azevêdo, o deputado estadual, Hervázio Bezerra (PSB), disse, nesta segunda-feira (11), não ver outra alternativa para o caso: “não veja outra saída: ou se supera ou rompe, e se isso acontecer a oposição vai ter importantes e significativas baixas”, comentou.

Se tudo transcorrer como os bastidores indicam, é rompimento na certa.

REPRESENTATIVIDADE DE PATOS

 

AVALIAÇÃO

O prefeito Nabor Wanderley precisa urgentemente fazer uma análise crítica do seu governo. Simplesmente alguns secretários não deram o ar da graça e não disseram para que vieram. Começar 2022 com parte dessa equipe sem apresentar resultados, é um tiro na jugular para quem tem correligionários no páreo nas eleições.

‘O COISA RUIM’

x95297945_FILES-In-this-file-photo-taken-on-September-14-2021-Brazilian-President-Jair-Bolsonaro-ge

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a minimizar a crise da Covid-19 no país. No Guarujá, litoral paulista, onde vai passar o feriado de 12 de outubro, o mandatário falou a jornalistas e apoiadores que "quem não pegou (o coronavírus), vai acabar pegando". "Pouco mais de 80% são assintomáticos. Por que esse trauma? Por que esse medo? A indústria da máscara te agradece e muito", disse. O Brasil chegou, neste domingo (10), a 601.011 óbitos por Covid-19.

Minimizar uma tragédia dessa é no mínimo coisa do ‘Coisa Ruim’

APOIOS SOCIAIS

OS INTENTOS DO EX-PATRIOTA

Ramonilson-Alves-Gomes_

O ex-juiz Ramonilson Alves resolveu abandonar o partido (Patriota) ao qual lhe deu terreno para concorrer às eleições em 2020. No entanto, ele não abandonou Bolsonaro. Ao sair da legenda, fugiu dizendo em outras palavras que o partido era pequeno demais para concorrer de igual para igual a uma vaga na Assembleia Legislativa. Alegou ainda que em 2022, com o fim das coligações, será complicado concorrer em partido pequeno. Mas, que partido da base de Bolsonaro na Paraíba é tão grande e forte, capaz de enriquecer sua candidatura? O Republicanos dos seus principais adversários em Patos? O PL de Wellington Roberto? 

COMIDA IRREGULAR

DEBANDADA GERAL

O deputado federal Wilson Santiago, que perdeu o comando do PTB na Paraíba após intervenção decretada pelo presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson, prevê para os próximos dias o que chama de “debandada” de lideranças políticas dos quadros trabalhistas a nível local, não indicando, ainda, qual o rumo a ser tomado ou a agremiação que acolherá esses “dissidentes”. Santiago e o deputado estadual Wilson Filho foram punidos pela cúpula nacional do PTB por não seguirem orientação de alinhamento ideológico com o governo do presidente Jair Bolsonaro. No vácuo da destituição da direção presidida por Santiago, investiu-se no comando, com carta branca, o ex-candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira, defensor incondicional de Bolsonaro.

« Voltar