Compartilhe

Vereador tem mandato cassado após chamar colegas de 'babões do prefeito'

Por Wscom    Quinta-Feira, 8 de Fevereiro de 2024


O vereador João Ferreira da Silva Filho (União), mais conhecido pelo apelido de João Sufoco, teve seu mandato na Câmara Municipal de Alhandra cassado, nesta quinta-feira (8), por quebra de decoro parlamentar. O vereador não compareceu à sessão em que a Câmara decidiu pela sua cassação e sequer apresentou defesa contra a acusação.  

Acusado de quebrar o decoro em quatro sessões da Casa, João Sufoco foi denunciado pelo vereador Severino Belmiro Alves, do MDB. No processo ele é acusado de agredir verbalmente o presidente da Câmara e outros parlamentares.  

Num dos casos apontados na denúncia o parlamentar interrompeu a sessão em setembro de 2023 e ofendeu os seus pares ao chamá-los de “babões do prefeito”. “Agora faça alguma coisa contra mim para você ver a bagaceira”, teria dito o ex-parlamentar a um colega em outra oportunidade, o gesto foi entendido como uma atitude intimidatória. 

O vereador teve seu mandato cassado por maioria qualificada, ou seja, com mais de dois terços dos votos favoráveis à cassação. Na decisão, a Câmara determinou que a cassação seja comunicada ao partido do vereador e à Justiça Eleitoral. Além disso, a Câmara convocou o suplente para assumir o cargo de forma imediata. 

Na decisão, a Câmara determinou que a cassação seja comunicada ao partido do vereador e à Justiça Eleitoral. Além disso, a Câmara convocou o suplente para assumir o cargo de forma imediata.

« Voltar

SEM SORTUDO

Mega-Sena acumula, e prêmio vai a R$ 205 mi; veja os números

NA PARAÍBA

Mãe comemora nascimento de filha em 29 de fevereiro: ‘foi o dia perfeito’

Veja também...

SEGUNDA-FEIRA, 04

SEGUNDA, 04 - VOCÊ NÃO PODE PERDER: A peregrinação dos vereadores e trama da Baronesa

ELEIÇÕES 2026

Veneziano diz que segue contando com apoio de Lula em 2026, 'Me conhece'

NA PARAÍBA

Moradores do Novo Horizonte, em Patos, comemoram a conclusão de calçamento em ruas