Compartilhe

Palmeiras se impõe como líder e fica perto do bi; análise

Por Globo Esporte    Quinta-Feira, 30 de Novembro de 2023


Palmeiras deu um passo considerável para conquistar o bicampeonato brasileiro em sequência. Numa quarta-feira em que os resultados dos adversários ajudaram, o time também fez sua parte, se impôs como líder e passeou nos 4 a 0 sobre o rebaixado América-MG, no Allianz Parque.

Em um cenário com tanta diferença técnica e a necessidade de vitória do Verdão, criou-se o temor de que a retranca adversária poderia segurar o placar e por consequência um clima de tensão no estádio. O Palmeiras acabou com essa preocupação logo no primeiro minuto de jogo, com o gol de Endrick.

Palmeiras x América-MG, chute de Endrick para abrir o placar — Foto: Marcos Ribolli

Palmeiras x América-MG, chute de Endrick para abrir o placar — Foto: Marcos Ribolli

Sem Gustavo Gómez e Mayke, peças importantes na defesa, Abel Ferreira (representado na beira do campo pelo auxiliar Vitor Castanheira) escolheu colocar Rony em campo e deixar o Palmeiras com três atacantes.

Isto mexeu um pouco no posicionamento: com a bola, o time ainda saía com três defensores (Marcos Rocha, Naves e Murilo), mas Endrick começou aberto pela direita, com Rony centralizado. Foi numa jogada entre os dois que veio a falta do primeiro gol, marcado pelo camisa 9, em fase iluminada.

O plano teve de ser alterado aos dez minutos, com a lesão de Rony. Artur foi o escolhido para entrar, e Endrick voltou a ser referência, com o camisa 14 atuando onde gosta, aberto na direita. A troca não influenciou no ritmo do jogo: o Palmeiras amassava o América-MG nos minutos iniciais.

Com muito volume e boas soluções ofensivas tanto pelos lados do campo quanto por dentro, o Verdão passou a empilhar chances, mas sem o segundo gol. Curiosamente, quando baixou um pouco o ritmo, chegou ao 2 a 0, em cobrança de falta que Eder completou contra.

A vantagem antes do intervalo mais uma vez evitou qualquer temor de um empate numa possível escapada do América-MG.

A tranquilidade no campo fez o Palmeiras em alguns momentos até enfeitar demais jogadas no segundo tempo. Ainda assim, martelava a meta de Jori pelo terceiro gol, que poderia ter saído com Breno Lopes cara a cara, mas o camisa 19 isolou. Se há algo a se avaliar não tão bem da goleada é o desempenho tímido do atacante.

Com as trocas na etapa final, o Verdão contou com sangue novo para transformar o jogo em uma merecida goleada, condizente com a diferença de desempenho. Jailson e López entraram muito bem: o camisa 30 participou do lance do terceiro gol e deu a assistência no quarto, ambos feitos pelo atacante argentino.

 

Palmeiras x América-MG: Flaco López comemora gol — Foto: Marcos Ribolli

Palmeiras x América-MG: Flaco López comemora gol — Foto: Marcos Ribolli

Palmeiras terminou a partida com 23 finalizações (13 no alvo), contra apenas duas do América-MG. Um domínio que se espera do time que agora tem tudo para conquistar o Brasileirão.

Para ajudar, o Flamengo e Botafogo, rivais mais próximos na abertura da rodada, não venceram. A vantagem subiu para três pontos, e o jogo de domingo será novamente no Allianz Parque, contra o Fluminense.

Se há 40 dias falar em título brasileiro era algo impensável para o torcedor palmeirense, agora ele já começa a fazer contas para levantar a taça com uma rodada de antecedência. Só o elenco comandado por Abel Ferreira é resiliente a ponto de se aproximar de um feito deste tamanho.

« Voltar

CARIOCA 2024

Título traz boas respostas para Tite e concorrência no Flamengo ganha corpo

CARIOCA 2024

Classificado, Fluminense encara o desesperado Botafogo no Carioca

Veja também...

SEGUNDA-FEIRA, 04

SEGUNDA, 04 - VOCÊ NÃO PODE PERDER: A peregrinação dos vereadores e trama da Baronesa

ELEIÇÕES 2026

Veneziano diz que segue contando com apoio de Lula em 2026, 'Me conhece'

NA PARAÍBA

Moradores do Novo Horizonte, em Patos, comemoram a conclusão de calçamento em ruas