Compartilhe

Taxistas de Patos fazem protesto contra implantação de taxímetro na cidade

Por Vicente Conserva - 40 Graus com Blog do Jordan Bezerra    Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2021


Taxistas de Patos realizaram na manhã desta quarta-feira, dia 13, um protesto no Centro da cidade contra o prazo e a exigência de instalação de taxímetros em todos os táxis do município.

Os taxistas fecharam a principal avenida da cidade, causando congestionamento e desordem no trânsito, que afetou várias ruas da cidade.

Eles cobram a criação de leis municipais que embasem a atuação dos taxistas em Patos e reclamaram da ação do presidente do sindicato dos taxistas de Patos, que buscou o Ministério Público Estadual contra os próprios taxistas, segundo eles.

Ocorre que a federal LEI Nº 12.468, DE 26 DE AGOSTO DE 2011 que regulamenta a profissão de taxista, determina em seu artigo 8º que "em Municípios com mais de 50.000 (cinquenta mil) habitantes é obrigatório o uso de taxímetro, anualmente auferido pelo órgão metrológico competente, conforme legislação em vigor". Portanto, nenhuma lei municipal pode legislar de forma contrária.

A STTRANS teve de fechar várias ruas do centro para amenizar os congestionamentos nas ruas adjacentes.

A determinação de implantação do taxímetro em Patos veio através de termo de compromisso, responsabilidade e ajustamento de conduta entre o Ministério Público da Paraíba e Superintendência de Trânsito e Transporte de Patos (STTrans).

O TAC foi firmado em setembro do ano de 2019 (21/09), com base no Inquérito Civil 040.2020.003105, que apurou suposta omissão do órgão público na exigência da implantação e uso dos aparelhos que registram os preços a serem pagos por percursos em táxis, conforme determina a Lei Federal 12.468/2011.

O TAC foi celebrado pelo promotor de Justiça de Patos, Elmar Thiago Pereira de Alencar, com o superintendente da STTrans, Jefferson Gomes Melqíades; o procurador jurídico do Município, Canuto Fernandes Barreto Neto, e o representante do Sindicato dos Taxistas, Caminhoneiros e Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Passageiros, Marcus Antonio Batista Santos.

De acordo com o inquérito civil, a representação sobre a omissão do órgão de trânsito na exigência da implantação do taxímetro foi feita pelo Sindicato dos Taxistas, ao Ministério Público Federal, que encaminhou ao MPPB, no último dia 21 de julho, por ser atribuição do órgão ministerial estadual. O promotor Elmar Alencar apurou o fato comunicado e convocou as partes para a celebração do compromisso para regularização da situação.

Os compromissos

De acordo com o TAC, a STTrans se compromete a, no prazo de 20 dias, notificar todos os taxistas cadastrados nas praças da cidade para que em 40 dias procedam à comprovação da instalação de taxímetros, ainda que estejam exercendo suas atividades a título precário (por exemplo, sub judice). O órgão de trânsito também deverá, no prazo de 60 dias, iniciar a fiscalização permanente dos serviços prestados pelos taxistas de Patos, a fim de verificar o efetivo funcionamento e utilização dos equipamentos.

O órgão de trânsito municipal ainda se comprometeu a promover uma campanha de conscientização direcionada aos consumidores do serviço no município acerca da importância da exigência do taxímetro. A Prefeitura deverá utilizar cartazes, faixas e veicular a informação em meios de comunicação e na Internet, além de distribuir material informativo em hotéis, restaurantes e bares do Município.

O TAC estabelece multa cominatória à STTrans de Patos no valor de R$ 5 mil por descumprimento comprovado de cada uma das cláusulas do termo, independente de notificação judicial ou extrajudicial, até o limite de R$ 30 mil e sem prejuízo das ações individuais e coletivas que eventualmente venham a ser propostas.

Recentemente, o advogado do Sindicato dos Taxistas de Patos, Maikon Minervino, solicitou ao Ministério Público Estadual a prorrogação do prazo de 40 para 180 dias, para a implantação do taxímetro na cidade de Patos.

« Voltar

ABERTURA

Prefeito Nabor assina decreto municipal que autoriza adoção de ensino híbrido em Patos

ESPERANÇA

Índia libera exportação da vacina de Oxford para o Brasil

Veja também...

NO SERTÃO

Filme gravado em Patos divulga crianças selecionadas para o elenco

NO SERTÃO

Patos chega a 8.364 casos de Covid-19 nesta quinta-feira com mais 40 infectados

RECORDE

Goleiro entra para o Livro dos Recordes com gol mais distante; assista