Compartilhe

Número pequeno de curados de Covid-19 em Patos não condiz com tempo de início da pandemia na cidade

Por Vicente Conserva - 40 Graus    Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020


A taxa de recuperados da Covid-19 em Patos pode ser considerada uma das menores do país a julgar pelos números apresentados todos os dias pela Secretaria Municipal de Saúde. Na verdade, o que pode estar acontecendo é a falta de acompanhamento de todos os casos registrados até o momento (3.355), o que vem jogando tal taxa para baixo.

O número apresentado pelo órgão de pessoas em recuperação (2.071) não condiz com o tempo de começo da pandemia na cidade nem com o tempo médio em que um paciente fica infectado (14 dias), caso não precise de internação.

Vejamos:

Dos 3.355 casos confirmados até agora pela Secretaria de Saúde, segundo ela, apenas 1.211 pessoas estão recuperadas da Covid-19 na cidade, o que representa apenas 36,09% dos infectados mesmo estando há 4 meses e 15 dias do primeiro caso confirmado na cidade.

Se levarmos em consideração que o número de casos registrados em março, abril, maio e junho foi de 1.691, estes já deveriam estar mortos ou recuperados. Ocorre que nestes meses foram registrados 54 óbitos.

Ou seja, o número de recuperados já seria maior que o apresentado até ontem, sem contar com os 1.052 infectados nos primeiros 20 dias de julho, que pelo tempo, também já estariam curados ou mortos. Nestes 20 dias foram 10 óbitos.

A julgar pelas contas da Secretaria, é como se os patoenses pouco tivesse chance de cura. Ou seja, mesmo há quase 5 meses do início dos casos na cidade, Patos ainda tem 63,10% dos infectados vivos sem cura, segundo a secretaria. É um índice alarmante.

Enquanto a Organização Mundial de Saúde diz que o tempo médio ou máximo de isolamento em casa para quem tem sintomas leves é de 14 dias a começar pelo início dos sintomas, em Patos os infectados estariam levando um tempo bem maior para se recuperarem.

Levemos em consideração ainda que em março e abril foram contabilizados 19 casos. Em maio 603 casos em 31 dias. Já em junho foram 1.069 casos em 30 dias. No último mês foram registrados 1.264 casos em 31 dias. Destes 3.355 casos, 73 vieram a óbito e 30 estão internados.

Usando por base o ciclo de 14 em 14 dias e diminuindo os 73 óbitos mais os 30 pacientes que estão internados em tratamento, teríamos 3.252 infectados.

Nos últimos 15 dias, foram contabilizados 612 novos casos de Covid-19 em Patos e 9 óbitos. Teoricamente, 603 seria mais ou menos o número ainda de pessoas em tratamento, seja a domicílio ou em hospital, e não os 2.071 divulgados.

Analisando todos os ciclos de 14 em 14 dias, desde o início da pandemia na cidade, subtraindo os 73 óbitos e os 30 pacientes internados, Patos deveria ter, por baixo, 2.649 pessoas recuperadas e não 1.211 divulgados pela Secretaria.

« Voltar

NO SERTÃO

Patos tem mais um dia de baixa umidade neste sábado

NO SERTÃO

Chefe da Ciretran de Patos, indicado por Érico Djan, é exonerado do cargo

Veja também...

NA PARAÍBA

Câmera registra passagem de meteoro nos céus da Paraíba

TESTEMUNHO

Pastor prega e homem desiste de suicídio em viaduto

ELEIÇÕES 2020

Conheça os candidatos a prefeito dos principais colégios eleitorais da Paraíba