Compartilhe

FPM cresce 6,2% e prefeituras da Paraíba recebem R$ 115 milhões

Por Jornal da Paraíba    Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018


O Governo Federal depositou nesta terça-feira (10) o primeiro decêndio de abril do Fundo de Participação dos Municípios (FPF) nas contas das 223 prefeituras da Paraíba. O montante foi de R$ 115,5 milhões brutos, o que representa um crescimento de 6,25% em relação ao repasse do mesmo período de 2017, no valor de R$ 108,7 milhões.

A Prefeitura de João Pessoa recebeu a maior fatia do bolo do FPM, referente ao 3º decênio de março: R$ 12,6 milhões brutos. Por sua vez, a prefeitura de Campina Grande percebeu R$ 3,49 milhões brutos, enquanto Santa Rita ficou com R$ 1,8 milhão e Patos, pouco mais de R$ 1,6 milhão. A Prefeitura de Bayeux embolsou R$ 1,5 milhão.

Sousa, Cabedelo e Cajazeiras embolsaram o mesmo valor bruto: R$ 1,2 milhão. Em relação aos 135 municípios menos populosos da Paraíba, cada prefeitura percebeu R$ 315 mil mil brutos. Entre eles, estão Alcantil, Aparecida, Boa Vista, Cabaceiras, Caldas Brandão, Cubati, Junco do Seridó, Marcação, Mataraca, Marizópolis, Nova Palmeira, Riachão, São Mamede, Serraria, Sobrado e Zabelê.

CNM pede cautela

De janeiro até agora, o FPM registrou crescimento de 10,11%, em termos nominais, comparado ao mesmo período do ano anterior, revela a Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Nos quatro primeiros meses de 2018, o Fundo foi maior que 2017, e o crescimento menos expressivo foi o de janeiro, 6,05%. Ao considerar o comportamento da inflação na soma total, a CNM aponta aumento de 7,17%.

Com perspectiva positiva para maio, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) estima crescimento de 5,2% para o próximo mês. No entanto, mesmo com o cenário positivo, Confederação aconselha cautela devido a sazonalidade do Fundo. “Historicamente, os recursos do FPM do primeiro semestre são superiores aos do segundo semestre, de forma a ser necessária a elaboração de um planejamento estratégico para não haver surpresas negativas no segundo semestre”, alerta levantamento divulgado pela CNM.

 

« Voltar

NO SERTÃO

Sinfemp denuncia que Prefeitura Municipal de Quixaba desrespeita direito dos servidores

FÉRIAS ANIMADAS

‘Circuito de Férias’ agita pausa das aulas dos alunos da Rede Municipal de São José do Bonfim

Veja também...

AINDA DAS ELEIÇÕES

Quase 600 títulos eleitorais podem ser cancelados em Patos

NO SERTÃO

Dupla é assassinada a tiros em Coremas, no Sertão

MUDANÇAS

Reforma da Previdência: entenda os principais pontos da proposta apresentada pelo governo