Compartilhe

Deputados aprovam projeto que proíbe acréscimos aos textos da Bíblia

Por Gospel Prime    Domingo, 27 de Novembro de 2022


Um projeto polêmico que busca impedir alteração, edição ou adição em textos da Bíblia foi aprovado pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (23) e agora segue para o Senado.

O Projeto de Lei 4606/19 é de autoria do deputado Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) e tem como objetivo impedir mudanças na Bíblia.

“Não se pode permitir possibilidades para que nunca esse livro sagrado seja tocado em nenhum momento da nossa existência, por isso nossa legítima preocupação em tombar esse texto com um projeto no Parlamento”, explicou o deputado.

Para o relator do texto, deputado Eli Borges (PL-TO), o fato de o último Censo indicar que 87% da população brasileira professa uma fé cristã, reunidos em igrejas de diversas denominações, justifica o projeto.

“Somos, portanto, milhões de brasileiros que temos os ensinamentos e a obediência aos preceitos da Bíblia sagrada como dogma da nossa fé”, declarou.

No entanto, o projeto causa polêmica por não apontar uma versão da Bíblia que seja a padrão, já que evangélicos e católicos usam textos diferentes, por exemplo.

“Existem diferentes versões da Bíblia, adaptadas para cada público. Quem vai definir? O Estado vai dizer que essa Bíblia vale e aquela não vale? Cada pessoa deve dar a interpretação que quer dar à Bíblia porque o Estado é laico”, questionou o deputado Tiago Mitraud (Novo-MG).

« Voltar

REVELAÇÃO

Papa Francisco diz que 'ser homossexual não é crime, 'mas é pecado'

DESVIO

Em apostasia, Igreja da Inglaterra pede desculpas para pessoas LGBT

Veja também...

NA PARAÍBA

Auditoria do TCE aponta nepotismo e investiga supersalário de genro do governador da Paraíba

NA PARAÍBA

Operação da Polícia Federal mira fraudes milionárias na Previdência em três cidades da Paraíba

NO SERTÃO

Secretária diz que Educação municipal de Patos tem foco na qualidade e excelência do ensino