Compartilhe

Perseguição aos cristãos já atinge 76 países do mundo

Por Gospel Prime    Domingo, 14 de Agosto de 2022


A organização Portas Abertas, que monitora o nível de perseguição em todo o mundo, informou que 76 países vivem em perseguição, ou seja, aproximadamente 40%.

A organização citada, realiza pesquisas minuciosas e as atualiza ao menos uma vez ao ano constando informações relacionada a missões e perseguições.

Há também uma lista dos 50 piores países do mundo para um cristão viver. Além desses, outros 26 países estão sendo monitorados na LMO – Lista Mundial de Perseguição.

Essa lista é uma ferramenta de monitoramento onde é possível medir o nível de hostilidade contra cristãos.

Marco Cruz, Secretário Geral da Portas Abertas no Brasil, informou no início desse ano que já atingimos o maior nível de perseguição contra cristãos.

Ele descreveu a situação como alarmante e disse que em 2013 havia cerca de 100 milhões de cristãos perseguidos, hoje são mais de 360 milhões.

“Em menos de 10 anos, a quantidade de cristãos perseguidos triplicou”, ele observou.

Para ele, o pior ano de todos foi 2021, pois as estatísticas mostraram que 1 a cada 7 cristãos foram perseguidos. Os países que mais perseguem são: Afeganistão e Coréia do Norte.

A LPO é, por assim dizer, uma continuação da Lista Mundial da Perseguição. Por isso, a classificação começa com o 51º país.

Os 26 países que fazem parte da LPO 2022 são: Quênia (51º), Sri Lanka (52º), Comores (53º), Emirados Árabes Unidos (54º), Tanzânia (55º), Azerbaijão (56º), Territórios Palestinos (57º), Djibuti (58º), Quirguistão (59º), Bahrein (60º), Nicarágua (61º), Rússia (62º), Chade (63º), Burundi (64º), Venezuela (65º), Angola (66º), Ruanda (67º), Honduras (68º), Uganda (69º), El Salvador (70º), Togo (71º), Gâmbia (72º), Guiné (73º), Sudão do Sul (74º), Costa do Marfim (75º) e Israel (76º).

Os países onde os cristãos foram perseguidos com mais violência foram: Ruanda e Venezuela.

É possível afirmar, que em boa parte dos continentes africano, asiático, Oriente Médio e América Latina, os cristãos têm sofrido perseguições por seguirem a Jesus.

« Voltar

NA ITÁLIA

Em tom de brincadeira, Papa Francisco cobra cachaça de Suplicy

POLÊMICA

'Nunca falei que a santa era LGBT', diz padre Julio Lancelloti depois de sofrer 'massacre' nas redes

Veja também...

EXUBERANTE

Paraibana Flay exibe corpão escultural de biquíni

LUTO

Inacinho Sanfoneiro morre de infarto aos 57 anos em Patos

ELEIÇÕES 2022

Ricardo Coutinho participará do pleito e poderá ser votado, diz defesa do ex-governador