Compartilhe

Pastor tetraplégico volta a andar e testemunha: ‘Deus me curou’

Por Guia Me    Sábado, 3 de Fevereiro de 2024


Depois de sofrer um acidente onde os médicos informaram que ele ficaria tetraplégico, o pastor Skip Redd está testemunhando um milagre a cada passo.

Skip, de 69 anos, é o pastor da Igreja Universitária em Waxahachie, Texas. Em 2017, ele quebrou o pescoço em um acidente. Os médicos disseram que ele nunca mais usaria as pernas, mas talvez, um dia, ele pudesse usar o braço direito para se alimentar.

No entanto, Deus teve uma ideia diferente. Em 2018, Skip não só comia refeições sozinho, mas cerca de 16 meses após o acidente, ele voltou a trabalhar em tempo integral como instrutor de música e coro na Life High School.

"Eu olho para trás para quando Skip não conseguia se alimentar, literalmente não conseguia fazer nada por si mesmo. E agora estou tão grata”, disse Claudia, esposa de Skip, à AG News.

Agora, conforme caminha, o pastor recebeu novas oportunidades de compartilhar Jesus.

Testemunhos

Skip foi homenageado pelos alunos no campo de futebol durante um intervalo.

"Eu fui tão abençoado. Ainda estou acreditando em uma cura completa, mas consciente de que sou capaz de funcionar mais do que muitas pessoas com o mesmo tipo de lesão e outras com quem me cruzei durante esta jornada”, testemunhou ele.

Durante o processo de cura, Deus usou a dificuldade de Skip para atrair seus alunos.

De agosto de 2018 a maio de 2023 — quando se aposentou — Skip continuou ensinando música na Life High School. Impactados pela recuperação milagrosa do professor, os alunos também se identificaram com sua luta.

“Parece que muitas crianças que estavam realmente sofrendo ou que estavam lutando com problemas vieram e falaram coisas que provavelmente não contariam a outros professores”, relatou Skip. 

E continuou: “Quando eles se aproximaram de mim e falavam comigo, eu não deixei de compartilhar o Evangelho. Eu tinha muitas oportunidades que não teria tido se não tivesse quebrado meu pescoço”.

Claudia contou que a recuperação de Skip também impactou seus netos, especialmente sua neta mais velha, que agora tem 16 anos.

“Você não pode convencê-la de que Deus não é real. Ela viu o Senhor realizar um milagre na vida de Skip”, disse ela.

Enquanto voltavam de uma viagem à Flórida, o pastor testemunhou:

“Eu estava subindo no avião e estava andando devagar. As pessoas estavam passando e então um homem, com sua família, parou e me disse: 'Eu só quero que você saiba, você está me encorajando. Você poderia ter pedido uma cadeira de rodas, mas escolheu andar em vez disso'”.

Uma oportunidade 

Após compartilhar sua história com o homem, Skip descobriu que ele era pastor de uma igreja Batista, em Mildred.

Então, Skip foi convidado para contar à congregação o que Deus fez em sua vida.

Claudia afirmou que para ela e seus quatro filhos, a experiência traumática lhes concedeu a paz que ultrapassa todo o entendimento, descrita na Bíblia.

Segundo ela, a família nunca entrou em pânico ou medo. Eles sabiam que Deus estava com eles e estava cuidando de Skip.

“Eu ouvi a passagem de Filipenses 4:7 toda a minha vida, mas agora eu a experimentei e nossos filhos também”, relatou Claudia. 

“Acho que as pessoas estão mais abertas a ouvir o que dizemos agora. Talvez, tenhamos mais credibilidade por causa do que Deus nos fez, e espero que tudo isso tenha reforçado a fé das pessoas”, acrescentou.

Skip contou que as oportunidades de compartilhar seu testemunho variam de convites oficiais de igrejas a conversas individuais

“Enquanto eu ainda estava ensinando, todos os anos, eu contava aos alunos sobre o que aconteceu na minha vida. E toda vez que eu compartilhava com eles o que Deus tinha feito por mim, eu chorava de gratidão pelo que Ele fez na minha vida”, relembrou ele.

Através desse milagre, Skip afirmou que sua família se aproximou, a igreja teve a fé fortalecida e Deus foi glorificado.

“As pessoas estão sofrendo de muitas maneiras diferentes, e nós simplesmente não sabemos com o que todas elas estão lidando. Todo mundo tem a necessidade de ver Deus e sabemos ser gratos, pois Ele fez algo incrível por nós”, concluiu Claudia.

« Voltar

INTOLERÂNCIA

Alemanha: Taxista é multado por texto bíblico em seu veículo

NA PARAÍBA

Novo bispo auxiliar da Arquidiocese da Paraíba é apresentado à comunidade católica

Veja também...

SEGUNDA-FEIRA, 04

SEGUNDA, 04 - VOCÊ NÃO PODE PERDER: A peregrinação dos vereadores e trama da Baronesa

ELEIÇÕES 2026

Veneziano diz que segue contando com apoio de Lula em 2026, 'Me conhece'

NA PARAÍBA

Moradores do Novo Horizonte, em Patos, comemoram a conclusão de calçamento em ruas