Compartilhe

Partido expulsa prefeito bolsonarista que sugeriu castrar mulheres

Por Brasil 247    Segunda-Feira, 18 de Setembro de 2023


O prefeito bolsonarista da cidade de Barra do Piraí, cidade localizada no Rio de Janeiro, Mário Esteves, acabou expulso do partido Solidariedade neste domingo (17), após sugerir que as mulheres da cidade sejam castradas para controlar o número de crianças da cidade, na quinta-feira (14).

O discurso ocorreu no município localizado a cerca de 120 quilômetros do Rio. Ele falava sobre a inauguração de uma creche quando decidiu fazer uma “piadinha”. Esteves, então, declarou que seria preciso “começar a castrar essas meninas”, caso contrário “haja creche para ser construída nos próximos anos”.

O anúncio da desfiliação foi feito neste domingo pela direção estadual da legenda. Na nota, o partido alegou que a decisão foi unânime, pois o prefeito se mostrou misógino (ódio, desprezo e/ou preconceito destinado a mulheres, que pode se manifestar de várias formas) e “demonstrou total desrespeito às mulheres”. Nas redes, o prefeito disse que tudo não passou de “um simples mal-entendido que pode desencadear um julgamento impiedoso”.

« Voltar

NOVA LEI

CCJ do Senado aprova projeto que prevê castração química de reincidentes em crimes sexuais

EM BRASÍLIA

Bancada federal paraibana e prefeitos se reúnem nesta quarta em Brasília

Veja também...

EDUCAÇÃO

2º Festival de Pipas leva lazer e resgate de brincadeiras para crianças de Patos

NO SERTÃO

Alunos da Escola Cívico-Militar de Patos recebem novos uniformes

DESCOBERTA

Planeta do tamanho da Terra, considerado 'potencialmente habitável', é descoberto