Compartilhe

Sertão está em torno de 2,5°C acima da média global, aponta estudo da USP

Por Globo Repórter    Segunda-Feira, 18 de Setembro de 2023


Um estudo de quatro décadas ao qual o Globo Repórter teve acesso em primeira mão aponta que a situação de aquecimento no sertão está acima da média global. No planeta, a luta é para não aquecer acima de 1,5°C, limite que já foi ultrapassado na região.

 

"A gente tem até em torno de 2,5°C acima da média global", revela Francisco Cruz Júnior, geólogo do Instituto de Geociências da USP.

O Francisco explora essas cavernas desde 1993. Com uma das maiores médias de aquecimento do planeta, o sertão imortalizado por Guimarães Rosa pode estar ameaçado. O Globo Repórter desta sexta-feira (15) revisitou os cenários naturais que inspiraram a obra "Grande Sertão: Veredas".

"A água que infiltra no solo, ela evapora mais rapidamente, antes mesmo de infiltrar. As nascentes vão ficando cada vez mais secas. Desculpa, mas podem desaparecer", completa o geólogo.

O artigo completo desse estudo será divulgado no fim de 2023. "Do sertão está saindo um alerta para o mundo", acrescenta Francisco.

« Voltar

MAIS SAÚDE

Vacina contra poliomielite começa a ser aplicada segunda-feira, na Paraíba

MUDANÇAS

Lula sanciona lei que coloca sigilo em nomes de vítimas de violência doméstica

Veja também...

EDUCAÇÃO

2º Festival de Pipas leva lazer e resgate de brincadeiras para crianças de Patos

NO SERTÃO

Alunos da Escola Cívico-Militar de Patos recebem novos uniformes

DESCOBERTA

Planeta do tamanho da Terra, considerado 'potencialmente habitável', é descoberto