Compartilhe

Vacina contra poliomielite começa a ser aplicada segunda-feira, na Paraíba

Por Secom-PB    Sexta-Feira, 24 de Maio de 2024


A Paraíba participa, a partir da próxima segunda-feira (27), da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. A população pode se imunizar até 14 de junho. Também haverá o Dia D programado para 8 de junho. A meta é vacinar, na Paraíba, 216 mil 989 crianças no mínimo, o que corresponde a 95% das que têm de 1 a menores de 5 anos de idade. 

O objetivo é reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no Brasil; empreender esforços para a erradicação da doença, ofertando as vacinas; reduzir os bolsões de não vacinados e aumentar as coberturas vacinais e a homogeneidade. 

O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989, na cidade de Sousa, e em 1994 o País recebeu a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem. No entanto, em 2023, o país foi classificado como de alto risco para a reintrodução do poliovírus pela Comissão Regional para a Certificação da Erradicação da Poliomielite na Região das Américas (RCC)4 e, por isso, será realizada a campanha.

“Convocamos todos os pais e responsáveis para levarem suas crianças menores de cinco anos até uma unidade de saúde mais próxima de sua casa para tomar a vacina”, disse chefe do Núcleo de Imunização da SES, Márcia Mayara.

Nesta campanha serão utilizadas as vacinas oral poliomielite (VOP) e inativada poliomielite (VIP) para a vacinação das crianças menores de 5 anos de idade. A realização da campanha neste momento é de suma importância, uma vez que o País se encontra em processo de transição para a substituição das duas doses de reforço da vacina oral poliomielite (VOP) para um reforço com vacina inativada poliomielite (VIP).

Essa medida será adotada no segundo semestre de 2024, a partir de então o esquema vacinal e a dose de reforço serão feitos exclusivamente com VIP. As normas e as diretrizes serão encaminhadas posteriormente para apoiar as Unidades Federadas e seus respectivos municípios nesse processo. São imperativos o engajamento e a atuação dos gestores das três esferas do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como dos profissionais de saúde na organização das ações para o sucesso da campanha.

A doença

A poliomielite é uma doença grave caracterizada por um quadro de paralisia flácida causada pelo poliovírus selvagem (PVS) tipo 1, 2 ou 3, que, em geral, acomete os membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível. Para tanto, essa estratégia de vacinação é fundamental para a redução do risco de reintrodução do poliovírus no Brasil, uma vez que a doença se encontra eliminada no País desde 1994.

 

 

« Voltar

MAIS SAÚDE

Frei Damião em Patos agora oferece exames oftalmológicos avançados

PERIGO TOTAL

Poste inclinado causa risco e temor na população de Patos

Veja também...

DECIDIDO

STF torna irmãos Brazão réus pelo assassinato de Marielle

DESENVOLVIMENTO

Em reunião com Hugo Motta, ministro anuncia início do projeto do Aeroporto de São Bento

NA PARAÍBA

Teixeira tem 432 efetivos e 830 contratados, segundo TCE; veja a lista completa da Paraíba