Compartilhe

Presidente do Nacional de Patos explica demissões no clube

Por Assessoria    Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2022


Após a surpreendente notícia da demissão do treinador Reinaldo Oliveira e do diretor de futebol Fernando Gaúcho, ficou a interrogação de torcedores e parte da imprensa, que ficou sem entender os motivos de tal atitude tomada pela diretoria as vésperas do início do Campeonato Paraibano.

Em nota enviada na manhã desta sexta-feira (28), o Presidente do Nacional de Patos, Rodrigo Nóbrega, falou sobre a situação pela qual passa o clube neste momento, embora não tenha esclarecido as demissões e nem aunciou quem será o novo treinador nacionalino.

NOTA DE ESCLARECIMENTO PESSOAL*

Bom dia torcida do Nacional

Gostaria de me pronunciar aqui a respeito dos acontecimentos de ontem.

Na verdade ontem foi o ápice de uma situação que vem caminhando a temos, inclusive em gestôes anteriores, que corresponde a dificuldades financeiras para fazer futebol na Paraiba e, principalmente em Patos.

O Clube Nacional nao tem investidores, nem Patricinadores mensais que atendam aa necessidades de folha de pagamento dos atletas do clube. O que o clube tem e o apoio de algunas empresas locais, pequenas, medias e grandes, mas que mesmo assim nao assegura a questão da folha. Estas empresas consideramos “guerreiras’ e parceiras de fato.

Todo Presidente do Nacional, ele antes de tudo e um torcedor que vibra, luta e se dedica dia e noite, abdicando de família etc.

O ocorrido ontem vinha sendo pensado a algum tempo, tendo em vista as dificuldades financeiras que até então nao estavamos emxergando uma solução. Mas, isso jamais seria e será impecilho para que o clube mantenha sua permanencia no Campeonato Paraibano 2022.

Tentamos inuneras vezes arrecadar recursos para custear despesas e gastos com o clube (projetos, Pix Solidário etc), mesmo assim não são sufucientes, o que nos impede de seguir com algumas situações que estavam no planejamento do clube.

O que mais entristece uma naçao e ver seus minimos torcedores “apaixonados” buscando algumas manobras para prejudicar seu próprio clube, tais como gravar videos das situações internas e enviar material em primeira mao aos meios de comunicação da imprensa, etc.

No mais, o Nacional, o Gigante do Sertão, não se abalará com pequenas decisôes que são necessárias, para nao prejudicar homens de bem que torcem, lutam e abdicam de seus negócios e muitas vezes de sua família.

Aqui deixo meu sincero reconhecinento aos ex gestores, Ze Ivam, Cleodom e membros das suas Diretorias, Adilson e Adalberto, que com certeza seguraram com maestria as dificuldades naquelas ocasioes.

O Nacional seguirà com sua gestão, com ou sem apoio da minoria de seus torcedores com o intuido de, não apenas participar da competição, mas de chegar ao objetivo definido no planejamento. Aos que nao torcem para isso, desejamos que em suas estratégia sejam infelizes. Já aos que torcem, sigamos juntos, pois o caminho e arduo e duro, pois lutaremos não so contra adversários dentro das quarto linhas, mas contra supostos inimigos fora e dentro das arquibancadas.

Ainda, informamos que respondem 100% pelo Clube em minha ausência nosso Vice Presidente Savio Salvador, membro da Diretoria Gabryel e, ainda, os membros do Conselho Deliberativo Cleidom e Adilson, para tomadas de decisoes.

Em breve, anunciaremos o novo comandante do clube e, quanto aos atletas que estão, faremos de tudo para que permanencam no elenco.

Deus nos ajude senpre e esteja em nosso comando.

Avante Gigante do Sertão!
⚽🏃🏼‍♂️🇳🇬⚽🏃🏼‍♂️🇳🇬⚽🏃🏼‍♂️🇳🇬

Rodrigo Nóbrega Presidente

« Voltar

BRASILEIRÃO

Fla-Flu: Santos segue sem previsão de volta, e Vitinho fica à disposição

SUCESSO

Ruthyana Camila é escolhida a melhor árbitra do Paraibano 2022

Veja também...

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: Lula tem maior vantagem no Nordeste e Bolsonaro fica à frente nos evangélicos

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: Cresce diferença entre Lula e Bolsonaro no 2º turno das eleições

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: 54% dizem não votar em Bolsonaro de jeito nenhum, ante 33% em Lula