Compartilhe

Sindicato dos Bancários pede fechamento do BB de Santa Luzia por conta de surto de Covid-19

Por Vicente Conserva - 40 Graus    Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2022


A exemplo da agência do Banco do Brasil de Patos, a do município de Santa Luzia, no Vale do Sabugí, também vive situação caótica por conta de um surto de Covid-19 que atingiu vários servidores.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Patos e região, metade dos funcionários foram afastados e diante deste quadro, faz-se necessário o fechamento temporário da agência para que providencias sejam tomadas.

Em ofício assinado pela presidente Andrea Carla Gouveia, o sindicato pede nesta sexta-feira (14):

Em virtude do amento exponencial dos casos de Covid 19, na nossa região, bem como em razão do afastamento de mais de 50% do quadro de funcionários e colaboradores da Agência Santa Luzia do Banco do Brasil, até a data de hoje, venho por meio deste requerer:

1 – A desinfecção completa da agência, a ser realizada por empresa especializada para tal;

2 – A testagem de todos os funcionários e colaboradores da agência, tendo em vista a propiciar uma maior segurança aos funcionários, colaboradores e clientes;

3 – E ainda informar a esta entidade, quais os protocolos realizados após a comprovação da infecção viral pelos funcionários e colaboradores, bem como as medidas que estão sendo tomadas para evitar a proliferação desta moléstia.

Em Patos, um surto de Covid-19 e Influenza A (H3N2) também atingiu diversos servidores da agência do Banco do Brasil (BB) de Patos, no interior da Paraíba. Embora a direção do BB ainda não tenha se pronunciado, a notícia logo se espalhou diante da gravidade do caso.

Vários servidores, cerca de mais de 20 por cento do quadro funcional, foram afastados por Covid ou suspeita da doença causada pelo novo Coronavírus ou ainda apresentando quadro de Influenza A (H3N2).

Segundo um servidor que está afastado por conta da gripe H3N2, hoje foram se afastaram mais 3 funcionários totalizando oito agora.

Para agravar ainda mais a situação, dos 30 funcionários da agência, mais 4 estão de férias, o que perfaz 12 funcionários sem poder trabalhar sobrecarregando ainda mais o atendimento de uma das maiores agência do Sertão.

O sindicato formalizou o mesmo pedido aqui na cidade de Patos.

« Voltar

NO SERTÃO

Prefeito de Patos participa do 1° Fórum Permanente de Administradores Tributários da Paraíba

NO SERTÃO

Prefeitura de Patos promove mutirão de combate à Dengue no distrito de Santa Gertrudes

Veja também...

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: Lula tem maior vantagem no Nordeste e Bolsonaro fica à frente nos evangélicos

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: Cresce diferença entre Lula e Bolsonaro no 2º turno das eleições

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: 54% dizem não votar em Bolsonaro de jeito nenhum, ante 33% em Lula