Compartilhe

Anitta faz tatuagem inspirada em constelação familiar e gera polêmica

Por Marie Claire    Domingo, 7 de Julho de 2024


A cantora Anitta surpreendeu seus seguidores ao exibir uma nova tatuagem inspirada na constelação familiar, uma técnica terapêutica alternativa. Em um vídeo nas redes sociais, Anitta explicou como a prática tem contribuído positivamente para sua vida. “Essa tatuagem que fiz ontem é como se fosse o símbolo da constelação familiar, que é uma terapia que tem me ajudado muito na vida, a ser mais feliz, a viver com mais plenitude, a entender coisas da vida que, às vezes, ficam difíceis de entender”, comentou a cantora.

Anitta reconheceu que a prática é controversa: “Vai de cada um, né, gente? Tem coisa que é boa para um e não é boa para o outro”. Ela detalhou o significado da tatuagem, comparando-a a uma árvore genealógica onde ela está no centro, representada por um bonequinho com um coração, simbolizando o amor, e com figuras que representam seus pais e outros membros da família.

 

Essa não é a primeira vez que Anitta fala sobre constelação familiar. Em entrevistas anteriores, a cantora já havia mencionado sua busca por autoconhecimento através de diferentes técnicas, como a leitura de design humano. Em entrevista à Marie Claire, ela comentou sobre o impacto dessa prática em sua vida pessoal e profissional.

A constelação familiar, desenvolvida nos anos 1980 pelo alemão Bert Hellinger, visa resolver conflitos familiares através de dinâmicas em que pessoas representam membros da família, incluindo antepassados. Apesar de não ser reconhecida pelos conselhos federais de psicologia e de medicina, a técnica é aplicada no Judiciário brasileiro, principalmente em casos de Direito de Família, para tentar alcançar acordos e diminuir o número de processos.

Entretanto, ainda de acordo com a reportagem da Marie Claire, a constelação familiar enfrenta críticas crescentes de profissionais das áreas do direito, psicologia e medicina, especialmente pelos possíveis impactos negativos sobre as mulheres. O Conselho Federal de Psicologia emitiu uma nota técnica em março afirmando que a técnica não atende aos parâmetros éticos e critérios básicos de um serviço terapêutico, como diagnóstico, supervisão e confidencialidade.

A prática também tem sido alvo de denúncias por supostamente promover situações de submissão e revitimização. Em um caso noticiado pela Marie Claire, uma mulher foi orientada a se ajoelhar diante do ex-marido e pedir perdão durante uma sessão de constelação familiar, o que gerou indignação e reforçou as críticas ao método.

Nas redes sociais, a nova tatuagem de Anitta gerou debate. Alguns internautas questionaram o posicionamento da cantora, destacando os aspectos problemáticos da constelação familiar. “As coisas absurdas que isso envolve, uma delas, a submissão da mulher e não denunciar nenhum tipo de estupro ou qualquer ato que você tenha sofrido. Parece muito a fala do Silas Malafaia de não denunciarem os pastores”, escreveu um usuário. Outro comentou: “eu gosto da Anitta e defendo muito ela aqui no Twitter, mas constelação não dá. Decepcionante. Induz tanta gente a fazer essa ‘terapia’ criminosa.”

« Voltar

REVELAÇÃO

Candidata do Miss Bumbum diz que recebeu 'proposta suja' de rival

REVOLTA

Cover de Zezo reclama do cantor, e crava: 'não canto mais, morreu para mim'

Veja também...

FLAGRANTE

Apreendido em Patos carro roubado flagrado por câmeras da PM

ROMANTISMO

Falta um mês para o show de Fábio Jr. em João Pessoa

MAIS SAÚDE

Hospital Regional de Patos passará a contar com neurocirurgiões no começo de 2025