Compartilhe

Sancionada lei que propõe leitura da Bíblia em escolas de Campina Grande

Por G1 Paraíba    Sábado, 7 de Setembro de 2019


Uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues propõe a leitura da Bíblia nas escolas públicas e particulares de Campina Grande, foi sancionada na última segunda-feira (2).

A lei foi publicada no Semanário Oficial do município e estabelece que o Poder Executivo deve regulamentar a medida em até 60 dias, nas unidades de ensino da cidade.

Para o propositor da lei, o vereador Saulo Noronha, a bíblia é um livro que possui ensinamentos universais, geográficos e culturais que devem ser repassados aos estudantes. O parlamentar defende ainda que a medida não se contrapõe ao Estado laico.

 

Escolas particulares

 

O representante do Sindicato das Escolas Particulares de Campina Grande, professor Antônio Andrade, disse que ainda vai examinar o conteúdo da lei para debater o assunto com os demais membros.

 

Estado Laico

 

O Estado brasileiro não possui uma religião oficial, embora a maior parte da população seja cristã. O inciso VI, do artigo 5º da Constituição Federal assegura a livre manifestação de crenças e diferentes religiões.

De acordo com o documento, “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

« Voltar

FÉ EM DEUS

'Para mim, Deus está em primeiro lugar, sobre todas as coisas', diz jogador Willian

FÉ EM DEUS

'Tenho a honra de servir a Jesus todos os dias da minha vida', diz Justin Bieber

Veja também...

RUIM

Nacional apenas empata com o Perilima no Estádio José Cavalcanti, em Patos

NO SERTÃO

Advogadas fazem campanha de combate à violência contra a mulher em jogo do Nacional de Patos

NO SERTÃO

Ladrão furta moto em loja de conveniência em Patos; veja as imagens