Compartilhe

Veja a diferença de votos nas eleições de 1992 até 2016 em Patos

Por Genival Junior - Patosonline    Sábado, 17 de Outubro de 2020


A última eleição com diferença inferior a 2.000 votos na cidade de Patos aconteceu em 1992, ano em que a capital do Sertão elegeu o médico Ivânio Ramalho para governar o município.

Ivânio venceu o pleito de 1992 com 1.815 votos de diferença, obtendo 14.959 sufrágios, contra 13.144 do seu principal opositor, o ex-prefeito Dinaldo Wanderley, que terminou com 13.144 sufrágios.

Naquele ano, Ivânio recebeu o apoio do grupo Mota, e teve a ex-deputada, Francisca Mota como candidata a vice-prefeita, sendo este o primeiro mandato eletivo de Francisca.

Dinaldo Wanderley, tinha o apoio do seu tio e ex-prefeito Rivaldo Medeiros, que polarizava o cenário político da cidade com o então deputado Edvaldo Mota, que não chegou a participar do pleito, uma vez que faleceu em 12 de julho do mesmo ano.

O pleito de 1992 teve ainda como candidatos o ex-deputado Múcio Sátiro, (PRN), que obteve 2.016 votos, Aderban Martins, (PSDB), que teve 1.857, e Otávio Sampaio, (PT), que recebeu 752 votos.

AS OUTRAS ELEIÇÕES:

Em 1996, Dinaldo Wanderley recebeu 19.577 votos, e venceu Francisca Mota, que teve 13.085 votos. A diferença foi de 6.492 sufrágios.

No pleito de 2.000, Dinaldo se reelegeu com 27.967 votos, vencendo Nabor Wanderley, que recebeu 15.121. A diferença de 12.846 votos, se tornou a maior da história política de Patos.

Em 2004, Nabor se elegeu pela primeira vez prefeito de Patos, com 27.226 votos, vencendo a Dineudes Possidônio, que recebeu 21.123 votos. A diferença foi 6.123.

Quatro anos mais tarde, em 2008, Nabor foi reeleito com 30.774 votos, vencendo a Dinaldo Wanderley, que teve os seus 20.651 votos anulados pela justiça eleitoral. A diferença foi 10.123 votos.

No pleito de 2012, Francisca Mota foi eleita com a confiança de 28.407 eleitores, vencendo o atual prefeito afastado de Patos, Dinaldo Filho, que recebeu 23.389 sufrágios. A diferença foi 5.018 votos.

E em 2016, Dinaldinho obteve 26.840 votos, contra 21.740 de Nabor Wanderley, seu principal opositor. A diferença foi 5.100 votos.

« Voltar

ELEIÇÕES 2020

Ex-juiz Ramonilson é multado em R$ 10 mil por propaganda depreciativa contra Nabor Wanderley

ELEIÇÕES 2020

Pesquisa RedeMais/Opinião aponta Nabor na liderança com 39,3%; Ramonilson tem 33,3%

Veja também...

NO SERTÃO

Funcionários da Aesa desaparecem em Coremas ao realizarem manutenção no Canal da Redenção

ELEIÇÕES 2020

Promotora vota pelo indeferimento da candidatura de Hominho de Lió por conta de condenação penal

DIAS DE GLÓRIA

Pelé no Flamengo: Zico lembra que ninguém queria sair do time só para poder jogar com o Rei