Compartilhe

CBF mantém os R$ 5 mi de premiação por título da Supercopa

Por Globo Esporte    Quarta-Feira, 7 de Abril de 2021


Campeão da edição de 2020, quando bateu o Athletico, o Flamengo disputa este ano novamente a Supercopa do Brasil, desta vez contra o Palmeiras. Se vencer, a equipe rubro-negra terá direito a R$ 5 milhões de premiação da CBF. Se perder, a quantia cai para R$ 2 milhões.

+ Recuperado, Rodrigo Caio passa no teste em sua volta ao Flamengo: "Me sinto 100%"

Flamengo campeão da Supercopa em 2020 — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Flamengo campeão da Supercopa em 2020 — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Apesar da ausência de público, os números não foram alterados em relação a 2020, quando o Mané Garrincha recebeu um grande público, com direito a show sertanejo antes de a bola rolar. Outros tempos.

Diante da queda de receita por da falta de bilheteria e da fuga de sócios-torcedores, a premiação seria importante para o clube, que tem um orçamento mais enxuto este ano.

A CBF promete mais rigidez na testagem de Covid e também nos protocolos de deslocamento e hospedagem das delegações.

 

Flamengo chega a Brasília na sexta

 

Para cumprir o planejamento da organização da competição, a delegação rubro-negra vai chegar em Brasília no fim da tarde de sexta. No sábado pela manhã, treina no CT do Brasiliense, e à tarde haverá a coletiva de imprensa dos dois técnicos e capitães.

A partida será às 11h de domingo, no estádio Mané Garrincha, e o retorno ao Rio de Janeiro será logo após o jogo. A Supercopa terá transmissão ao vivo da Globo, SporTV e ge.

Estádio Mané Garricha antes da Supercopa 2020 — Foto: Fred Huber

Estádio Mané Garricha antes da Supercopa 2020 — Foto: Fred Huber

« Voltar

LIBERTADORES

Conmebol divulga tabela da fase de grupos da Libertadores 2021

TRIUNFO

Flamengo chega a 20 títulos neste século com Supercopa; lista

Veja também...

CARIOCA 2021

Ferj remarca clássico Flamengo contra o Vasco para quinta-feira

NO SERTÃO

Patos registra 57 casos de COVID-19 em três dias e mais três óbitos pela doença

NO SERTÃO

Teixeirense morre de Covid-19 após perder mãe, irmão e cunhada para a doença