Compartilhe

Com Ramirez preferido, Palmeiras prioriza estrangeiro

Por Globo Esporte    Sábado, 17 de Outubro de 2020


Há uma força nos bastidores do Palmeiras para que o novo técnico da equipe seja um estrangeiro. É nesse sentido que o nome do espanhol Miguel Ángel Ramírez é avaliado agora como o ideal para assumir o projeto do clube. Mas não é a única possibilidade.

Na última sexta-feira, o técnico do Independiente Del Valle, do Equador, deu entrevista coletiva e se esquivou ao ser questionado sobre o interesse palmeirense.

Nos bastidores, o Verdão voltou nesta semana a procurar informações sobre a situação de Ramírez, que também esteve na mira em janeiro. Pessoas próximas ao treinador afirmam que a diretoria palmeirense vem mantendo conversas com o espanhol.

Miguel Ángel Ramírez, técnico do Independiente del Valle — Foto: Divulgação/Del Valle

Miguel Ángel Ramírez, técnico do Independiente del Valle — Foto: Divulgação/Del Valle

No Independiente Del Valle, porém, o discurso nos bastidores é de que ainda não foi informado – o contrato de Ramírez com o clube equatoriano vai até dezembro de 2021.

Nos últimos anos, o Palmeiras não teve um perfil definido de comandante. Apostou em jovens como Eduardo Baptista e Roger Machado e também recorreu aos experientes Oswaldo de Oliveira, Marcelo Oliveira, Cuca, Felipão, Mano Menezes e Vanderlei Luxemburgo.

Até um estrangeiro já passou pelo clube: o argentino Ricardo Gareca, hoje em alta na seleção peruana, foi contratado em 2014, quando Maurício Galiotte era vice-presidente.

 

Entrevista coletiva de Maurício Galiotte e Anderson Barros, no Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Entrevista coletiva de Maurício Galiotte e Anderson Barros, no Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

A preferência inicial por alguém de fora do Brasil não descarta a contratação de um treinador local para suceder Vanderlei Luxemburgo. Guto Ferreira é um nome que faz parte da lista dos diversos avaliados pelos palmeirenses. Mas a prioridade é tentar a contratação de Ramírez e, numa negativa, avançar por outras opções sul-americanas.

Os argentinos Guillermo Barros Schelotto e Gabriel Heinze e o uruguaio Gustavo Munua também foram especulados. Munua, ex-treinador do Nacional de Montevidéu, afirmou não ter sido procurado pelo palmeirenses.

« Voltar

DÍVIDAS

Vasco faz novo pagamento e reduz dívida com jogadores

PREOCUPANTE

Sá Pinto se diz orgulhoso pela atuação do Vasco e lamenta derrota

Veja também...

NO SERTÃO

Funcionários da Aesa desaparecem em Coremas ao realizarem manutenção no Canal da Redenção

ELEIÇÕES 2020

Promotora vota pelo indeferimento da candidatura de Hominho de Lió por conta de condenação penal

DIAS DE GLÓRIA

Pelé no Flamengo: Zico lembra que ninguém queria sair do time só para poder jogar com o Rei