Compartilhe

Nenê acerta salários e será jogador do Fluminense

Por Extra    Quarta-Feira, 10 de Julho de 2019


Nenê acertou sua volta ao Rio para atuar no Fluminense. A pedido do técnico Fernando Diniz, o meia de 37 anos, que está fora dos planos do São Paulo, voltou a negociar com o clube. O vice-presidente geral Celso Barros e o diretor Paulo Angioni tocaram as negociações.

Para jogar no Fluminense, Nenê aceitou baixar a pedida salarial. Entusiasta da contratação, Fernando Diniz entrou diretamente em contato com o jogador para refazer o convite. A boa relação dos dois facilitou o negócio.

No Rio por conta da final da Copa América, à qual assistiu ao lado do amigo Neymar, o camisa 10 do São Paulo e seu representante encontraram membros da cúpula tricolor.

Quando Cuca assumiu o São Paulo, em abril, Nenê acabou no banco e foi comunicado pela diretoria que o treinador não contava com ele para o segundo semestre. Liberado pelos paulistas para buscar outro time, o jogador chegou bem perto de um acordo com o Fluminense no começo do ano, mas preferiu, à época, seguir no Morumbi. Alguns detalhes impediram o acerto, como a divisão dos salários pelos dois clubes.

A contratação serve para compensar a iminente saída de Luciano.O meia-atacante pediu para não atuar no último jogo do Flu no Brasileiro, contra a Chapecoense — seria sua sétima partida no campeonato, o que impediria que ele jogasse por outro time ainda nesta edição. O Atlético-MG é o provável destino do jogador, artilheiro do Flu no ano com 15 gols.

Em 2019, Nenê fez 16 jogos e não marcou gols, mas deu cinco assistências. Ele será o segundo reforço da gestão Mário Bittencourt, após a chegada do goleiro Muriel, apresentado ontem.

« Voltar

FECHADO

Flamengo acerta contratação de Léo Pereira e venda de Pablo Marí

SUCESSO

Patoense se destaca nas categorias de base e é convidado a fazer testes no Flamengo

Veja também...

DE VOLTA

Saiba os detalhes da compra de Gabigol pelo Flamengo

OPORTUNIDADE

UEPB Patos inscreve em quase 200 vagas para cursos gratuitos de música

PRESTÍGIO

Paraibano do Sertão assume presidência do INSS