Compartilhe

Federação do Rio de Janeiro pede à CBF veto a árbitros paraibanos

Por Vicente Conserva    Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018


Após o escândalo trazido à tona pela Operação Cartola, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) enviou ofício à CBF solicitando que a Comissão Nacional de Arbitragem vete profissionais do quadro da Paraíba em jogos de times cariocas. A Federação do Rio é comandada por Rubens Lopes.

A Ferj pede ainda à confederação, que os árbitros do quadro do Rio não sejam escalados em partidas de equipes paraibanas. Conforme ofício enviado ao coronel Nunes, presidente da confederação, e ao coronel Marinho, chefe da comissão de arbitragem, essas restrições devem permanecer até que a CBF restitua e declare a
normalidade na Federação Paraibana de Futebol.

Na última segunda-feira (14), o Comitê de Ética da confederação determinou o
afastamento temporário do presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF),
Amadeu Rodrigues, um dos alvos da Operação Cartola, que investiga um esquema de corrupção no futebol da Paraíba.

A Ferj enviou o ofício pedindo o veto definitivo no Rio, temendo uma reversão da pena de suspensão dos árbitros locais aplicada pelo Comitê.

Um dos principais alvos das investigações da Polícia Civil e Ministério Público da Paraíba, o ex-árbitro José Renato Soares, foi demitido da presidência da Comissão Estadual de Arbitragem(Ceaf).         

« Voltar

PARAIBANO 2018

Esporte bate a Perilima e dá passo importante rumo ao tetra da 2ª Divisão

ESTÃO FORA

Cinco dirigentes e nove árbitros são banidos do futebol por manipular resultados na Paraíba

Veja também...

EM FLAGRANTE

Polícia prende em Alagoas chefe de organização criminosa da Paraíba

DESCASO TOTAL

Briga entre secretário de Agricultura de Patos e gerente do Matadouro vai parar nas redes sociais

TRAGÉDIA NA ESTRADA

Estudante de Patos morre em acidente de carro entre Teixeira e Brejinho