Compartilhe

Idoso vítima de AVC é levado em carroceria para fazer prova de vida na Paraíba

Por Blog do Márcio Rangel    Quarta-Feira, 7 de Abril de 2021


Uma cena revoltante (para dizer o mínimo) foi registrada na manhã desta quarta-feira em Campina Grande, no interior da Paraíba, quando um idoso identificado como Jorge da Silva Barbosa, de 81 anos e vítima de um AVC isquêmico que o deixou com graves sequelas, foi submetido a uma verdadeira humilhação ao ser conduzido na caçamba de uma caminhonete para realizar uma prova de vida em um banco da cidade.

De acordo com Kaline Barbosa, filha do aposentado, o pagamento da aposentadoria do idoso foi bloqueado pelo Banco e, para resolver a situação, a instituição solicitou, mesmo com a pandemia no auge, a presença de Jorge.

“Há sete anos que faço a renovação da senha. Em decorrência da pandemia, optei por não tirar mais meu pai de casa, até porque o transporte pra ele devido às sequelas do AVC, que paralisou um braço e uma perna, é muito complicado. Falei com o gerente do Banco, contei a situação, solicitei que alguém fosse até a minha residência (que fica a três ruas do banco) e a dificuldade foi grande” afirmou.

Diante da negativa, Kaline afirmou que a única alternativa que enxergou foi levar o pai na carroceria da caminhonete de um familiar, pois apenas dessa forma o pai poderia se deslocar numa posição minimamente confortável diante de suas incapacidades.

“O único jeito que encontramos foi pedir a um primo a sua caminhonete emprestada para colocarmos ele deitado, com sombrinha amparando pra não queimar o rosto dele, às 11 da manhã. Me partiu o coração ver meu pai naquela situação. Depois de tantos anos de trabalho, 35 anos de contribuição com o INSS para ter que passar por uma situação dessa” lamentou.

Veja imagens:

 

« Voltar

NO SERTÃO

Teixeirense morre de Covid-19 após perder mãe, irmão e cunhada para a doença

ESPERANÇA

Complexo de Patos inicia semana com 32% a menos de ocupação de leitos de UTI Covid

Veja também...

CARIOCA 2021

Ferj remarca clássico Flamengo contra o Vasco para quinta-feira

NO SERTÃO

Patos registra 57 casos de COVID-19 em três dias e mais três óbitos pela doença

NO SERTÃO

Teixeirense morre de Covid-19 após perder mãe, irmão e cunhada para a doença