Compartilhe

Polícia Civil tenta desvendar crimes ocorridos em Patos no fim de semana e pede ajuda da população por meio do 197

Por Acilene Candeia - Patos Verdade    Terça-Feira, 15 de Maio de 2018


Três crimes foram registrados neste final de semana em Patos, sendo dois homicídios e uma tentativa. Entre eles, a Polícia Civil já tem a autoria apesar dos acusados terem fugido, e o outro ainda é um mistério.

Nesta segunda-feira, 14, o delegado de homicídio, Gaudêncio Neto, explicou que a população pode entrar em contato através do disque 197 para dá mais detalhes a respeito do paradeiro do autor dos disparos que ocorreram no Bairro Jatobá e vitimou Felipe Gabriel Farias, 21 anos.

O homicídio foi registrado na madrugada do domingo contra Felipe que foi atingido com um tiro fatal no peito. Felipe estava de carona no carro de um estranho, uma vez que estava em uma festa numa área de lazer próximo ao Campo da Liga e em seguida foi para o Bairro Jatobá, também com destino a outra área de lazer. 

Após descer do carro juntamente com outros ocupantes do veículo, Felipe foi alvejado com um único tiro e foi socorrido para a UPA e depois para o Hospital Regional de Patos devido a gravidade do ferimento.

Segundo informações do motorista do carro à polícia, ele olhou para o banco de trás para saber o que havia acontecido, mas, a vítima já estava desacordada. 

O delegado explicou que os policiais perderam tempo para identificar a área de lazer onde estavam os rapazes e, somente por volta das 04h da manhã chegou ao local que já estava vazio.

“Ainda não temos informações a cerca ou uma linha de investigação para investigar a autoria desse crime. Mais uma vez reforçamos à população que utilize o disque 197, o sigilo é absoluto e que ajude a Polícia Civil a esclarecer mais esse homicídio na cidade de Patos”, pediu.

Já o primeiro crime ocorreu na noite do sábado, dia 12, no Distrito de Santa Gertrudes.  A vítima fatal, José Gomes Sousa, conhecido por Fera, sofreu pauladas na cabeça e a massa cefálica ficou espalhada pelo local. 

Gilberto Santos Gomes, filho de Fera, identificou os três autores que mataram o seu pai e tentaram lhe matar.  A polícia civil juntamente com a PM fizeram diligências até às 23h, porém, os acusados conseguiram fugir. A polícia civil já tem a identidade dos autores do crime. 

“Estamos ainda em diligência para prendê-los em flagrante. Esse homicídio está praticamente elucidado restando apenas detalhes com relação à motivação do crime. A vítima sobrevivente, a gente percebia que ele tentava não revelar qualquer desavença ou inimizade com os três suspeitos, mas, já conseguimos informações de que houve uma desavença inclusive com o pai dele e ele juntamente com os três suspeitos”, explicou o delegado.

Através de ligação gratuita para o 197, o cidadão relata os dados sobre o crime cometido, características físicas e localização do acusado, não sendo necessários a identificação nem o seu telefone de contato.

« Voltar

CAOS TOTAL

SINFEMP aciona MPE contra Secretaria de Educação de Patos por conta de fechamento de EJA

Moradores de São José de Espinharas são surpreendidos por chuva de granizo

Veja também...

NA PARAÍBA

Perícia do IML indica que houve execução dos trabalhadores Sem Terra

NO SERTÃO

PM descobre presos escavando buraco em cela e impede fuga em Piancó

POLÊMICA

MPE investiga nova triagem feita com pacientes do SAMU no Complexo Hospitalar Regional de Patos