Compartilhe

Estudantes podem ficar sem aulas em escolas rurais de Jericó

Por Click PB    Quinta-Feira, 10 de Janeiro de 2019


As escolas públicas, localizadas na zona rural, da cidade de Jericó podem iniciar o ano letivo ainda em reformas, as mesmas estariam programadas para acontecer antes do retorno às aulas. Nas imagens (ver abaixo), rachaduras tomam conta de tetos e paredes, além de infiltrações e umidade na estrutura, as escolas também apresentam janelas e portas arrombadas. 

O Portal ClickPB entrou em contato com o prefeito da cidade, Cláudio Oliveira, que informou estar dando início as obras. "Minha intenção é de quem as reformas nessas escolas terminem antes do ano letivo começar. A previsão é que no final de janeiro estejam todas concluídas", explicou. 

Ainda segundo ele, as obras para a reforma das escolas estão orçadas em cerca de R$ 60 mil. 

Segundo Dados do Ministério da Educação, que mede o desempenho do sistema de ensino através do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), a rede municipal não alcançou as metas propostas pelo MEC para 2017. No Ensino Fundamental nos anos iniciais, o índice foi de 4,0, enquanto que a meta era de 4,6. Nos anos finais do Ensino Fundamental, o município apresentou um Ideb de 3,5 e não alcançou a meta de 3,9.

Confira a seguir as escolas rurais que estão em situação precária:

Escola Municipal Francisco Pereira da Silva – Vertentes                     

 

Escola Municipal Francisco Pereira da Silva – Vertentes

 

Escola Municipal do Saquinho

 

 

Escola Municipal Izabel Ana de Andrade – Cantofas

 

Escola Municipal Luiz Alves da Silva – Umburana

Escola Municipal Regina Leopoldina – Fortuna

« Voltar

BOA NOTÍCIA

Chuva de 70mm neste domingo faz Açude Velho transbordar em Teixeira

TRAGÉDIA

Colisão entre dois veículos deixa uma pessoa ferida na BR 230 próximo a Patos

Veja também...

NO SERTÃO

Patos Shopping será inaugurado no dia 23 de abril

AFLIÇÃO

Patoense residente em Araçariguama-SP procura pela família em Patos que não vê há 30 anos

NO SERTÃO

Câmara de Vieirópolis aprova lei que impede nomeação de condenados na Lei Maria da Penha pela prefeitura