Compartilhe

Associação de SP pode acionar justiça por mortes de cães

Por Mais PB    Terça-Feira, 13 de Março de 2018


O Projeto Anjinhos da Rua, que é uma organização situada em São Paulo com intuito de dar abrigo a animais abandonados, emitiu uma nota na tarde desta terça-feira (13) repudiando o episódio envolvendo a Prefeitura de Igaracy, no Sertão do Estado, que resultou na morte de mais de 30 cachorros de rua.

A entidade informou que a equipe jurídica está analisando quais as possíveis medidas que poderão ser tomadas contra a gestão. Recentemente o secretário de Saúde da cidade, José Carlos Maia, foi afastado do cargo após ordenar a matança dos animais.

A Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba também estão apurando o que teria motivado o caso e estudando quais as medidas poderão ser aplicadas à gestão.

Confira a nota do Projeto Anjinhos da Rua

O Projeto Anjinhos da Rua, maior santuário particular do mundo para animais abandonados, sediada em Peruíbe/SP, vem manifestar perante a população de Igaracy/PB, seu REPÚDIO aos atos de violência praticados contra os animais, noticiado pela imprensa local, praticados pelo poder público municipal.

É com repulsa e horror que miramos o recente episódio ocorrido no município de Igaracy, cometidos pelo prefeito e seu secretário no qual mais de dezenas de cachorros saudáveis foram covardemente sacrificados com extrema crueldade, sendo jogados próximo ao aterro municipal.

Afirmamos que clamamos por justiça e estamos investigando o caso junto a banca de advogados para que providências sejam tomadas e que os assassinos paguem pelo que fizeram.

O agressor de um animal não é apenas um covarde, é também um potencial criminoso, pois se não respeita uma vida indefesa e inocente, com maior rigor daquele que detém o poder e ao invés de buscar a solução do problema coesa e humanitária, enverada para o caminho da morte e da atrocidade.

É hora do mundo acordar, não podemos mais tolerar cenários de horror como esse em Igaracy/PB. “Todas as criaturas são nossos irmãos e irmãs”, dizia Francisco de Assis, um grande missionário do amor e defensor dos animais.

« Voltar

NO SERTÃO

Fátima Bocão cobra da prefeitura combate ao excesso de insetos na Feira Livre de Patos

NA PARAÍBA

Prefeito interino de Patos diz que estava afastado por não ter sugestões bem aceitas na gestão

Veja também...

NO SERTÃO

'Pinto' é preso acusado de estuprar a própria filha em Condado

CAOS TOTAL

Vereadoras denunciam caos em creche de Patos e são impedidas pela direção de entrarem para fiscalizar

NO SERTÃO

Fátima Bocão cobra da prefeitura combate ao excesso de insetos na Feira Livre de Patos