Compartilhe

Prefeito de Patos afirma que adiamento do São João 2020 era inevitável

Por Redação 40 Graus com ASCOM    Quinta-Feira, 26 de Março de 2020


O prefeito interino, Ivanes Lacerda, que a decisão mais sensata a se tomar neste momento era o adiamento do São João 2020 da cidade, que aconteceria no período de 19 a 24 de junho. O prefeito informou que esteve reunido com representantes do comércio local, como Associação Comercial e Industrial de Patos, Sindicato do Comércio, CDL e entre outros segmentos econômicos para tratar da Pandemia do CORONOVÍRUS e do decreto que estabelece o fechamento de parte do comércio local. Também esteve na pauta da reunião o São João de Patos sendo que foi solicitada a sua manutenção.

"Considerando a pandemia e a emergência e o estado de calamidade em saúde pública vivido pelo nosso país, estamos decidindo adiar o São João de Patos para uma data oportuna. Não será mais realizado no mês de junho e deveremos marcar, oportunamente, uma outra data assim que houver uma estabilidade sanitária no nosso país", informou o prefeito.

O prefeito esteve reunido essa semana com representantes do comércio local, como Associação Comercial e Industrial de Patos, Sindicato do Comércio, CDL e entre outros segmentos econômicos para tratar da Pandemia do CORONOVÍRUS e do decreto que estabelece o fechamento de parte do comércio local. Também esteve na pauta da reunião o São João de Patos sendo que foi solicitada a sua manutenção.

"Nós temos uma grande responsabilidade em resgatar o São João para dar suporte a nossa economia que sofre um grande baque também, pois, estão o comércio e indústria fechados. Então, o São João recupera a nossa economia. Então, estamos adiando o nosso São João, estamos tomando o mesmo procedimento de Campina Grande. O que temos em mente é que precisamos realizar o São João, mas, precisamos deixar o São João de lado e partamos, apenas, para o enfrentamento da crise (CORONAVÍRUS) que é uma grave crise", explicou Ivanes Lacerda.  

Já o presidente da Fundação Cultural de Patos (FUNDAP), Marcelo Lima, destacou a importância do pronunciamento do prefeito mediante a decisão do evento cultural que é tão relevante para a capital do sertão.

“A decisão do Prefeito Ivanes Lacerda, obviamente com nosso aval, é não cancelar o São João, pois sabemos de sua importância socioeconômica, nesse sentido iremos repensar após uma nova análise dos infectologistas especialistas na área do Covid-19, e em breve estaremos nos reunindo novamente rediscutindo esse que é o maior evento socioeconômico cultural do sertão paraibano", afirmou Marcelo Lima.

Para a viabilidade do festejo desse ano, a Prefeitura de Patos realizou o processo para contratação de empresa especializada na exploração de espaços públicos da área denominada “Terreiro do Forró” para realização do evento “São João de Patos 2020”, através de captação de recursos por meio de comercialização de cotas de patrocínio e apoio financeiro, e com montagem e desmontagem da estrutura do evento, garantindo o acesso gratuito à população em geral nos espaços comuns, a ser realizado no Município de Patos, a cargo da Fundação Cultural de Patos - FUNDAP.

Na oportunidade, uma empresa participou do certame, IOA Serviços e Produção Musical Eireli, com CNPJ 08.397.547/0001-84, da cidade de Sumé (PB), e foi a vencedora do processo.

A grade de programação do evento junino seria divulgada no próximo dia 02 de abril.

O São João de Patos acontece no Terreiro do Forró e atrai pessoas de vários locais do país, assim como aquece a economia local.

« Voltar

SUCESSO

Filmes paraibanos são indicados ao Grande Prêmio Brasileiro de Cinema 2020

NA PARAÍBA

Seis cidades do Brejo cancelam São João devido ao coronavírus

Veja também...

NO SERTÃO

PRF recupera em São Mamede, veículo roubado em Campina; um dos acusados é preso em Patos

SOLIDARIEDADE

Marília Mendonça anuncia doação de R$ 50 mil para o Hospital Universitário de João Pessoa

MUDANÇAS

CBF não garante pontos corridos no Brasileirão 2020, diz jornalista