Compartilhe

Prefeitura de São Mamede apoia a 3ª Trilha e Rapel na Serra dos Buzinas

Por Assessoria    Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020


Antes de contar tudo sobre a terceira edição da “Trilha Ecológica e Rapel na Serra dos Buzinas”, é importante considerar algumas informações e curiosidades do local. A Serra dos Buzinas fica na comunidade de Várzea Alegre, mais precisamente no Sítio Olho d’Água que pertence aos herdeiros da família Medeiros, conhecida por família “Buzina”.

Dos nove herdeiros, o único vivo é o senhor Birino Buzina e já está com 90 anos. Ele nunca migrou da comunidade e, com o passar do tempo, junto com seus filhos investiu em uma queijeira, para a produção de queijo e manteiga.

A pequena empresa continua em atividade, e os produtos são comercializados na cidade. Sendo gerenciada por Júlio e Gustavo, filho e neto de Birino, respectivamente.

Sobre a trilha e o rapel na serra, o evento foi idealizado pelo Personal Alan Medeiros, que também é neto de Birino. Essa última aconteceu no dia 26 de janeiro.

Para isso, ele conta com apoiadores como a Prefeitura de São Mamede e a Agência de Ecoturismo Sertão Extreme. A ideia é tornar viável a prática do esporte de aventura, vencendo desafios e provocando o encontro dos participantes com a natureza.

Tendo como foco principal a promoção do bioma Caatinga, que a maioria das pessoas da região ainda desconhecem. De modo a construir uma cultura de valorização e preservação dos recursos naturais do Seridó e do Sertão nordestino.

Para Alan, essa terceira edição foi um sucesso. E o mais importante foi conquistar de vez a confiança dos participantes. Segundo ele, não é fácil se aventurar na mata, “mas nós contamos com uma equipe de profissionais capacitados, os bombeiros e os instrutores, para dar o suporte necessário tanto na trilha quanto no rapel”.

De parte da gestão municipal, o secretário de turismo e meio ambiente, Stanley Fillemon, destacou os pontos turísticos da cidade, evidenciando os sítios arqueológicos, a serra dos Buzinas, do Cajueiro e o pico de Picotes.

E argumentou: “Enfim, são vários pontos que precisam ser valorizados e é isso que a secretaria de turismo e meio ambiente tem feito, é isso que o prefeito Jefferson tem feito, valorizar o que é nosso, valorizar as nossas riquezas”.

Depois, o secretário de esporte e lazer, Mazzarope Medeiros, ratificou a importância da prática de esportes radicais. Argumentando que o município tem outras montanhas a serem exploradas, como forma de ampliar o turístico e a prática de esportes radicais.

Cabe destacar que no percurso da trilha, há uma casa pequena que serve de apoio para os caçadores, ou grupos de pessoas que se aventuram passar a noite na serra.

Outro ponto de visitação é a gruta formada por pedras, e o olho d’água com sistema de captação de água por gravidade.

« Voltar

NA PARAÍBA

TCE alerta três prefeituras da Região de Patos por irregularidades de pagamento previdenciário

NO SERTÃO

São Mamede adquire mais 2 tratores, somando agora 29 novos veículos

Veja também...

VEJA

Vídeo: jogadora de vôlei Carol Solberg grita 'Fora, Bolsonaro' após conquistar medalha

BRASILEIRÃO

Vasco reclama de pênalti não dado após revisão: 'Dois pesos'

DE CHEGADA

Corinthians se acerta com Cazares e espera acordo com o Galo