Compartilhe

Após polêmica com caso Neymar, Mauro Naves deixa a Globo

Por Metrópoles    Terça-Feira, 9 de Julho de 2019


A TV Globo demitiu o jornalista Mauro Naves após 31 anos de trabalho. A informação foi confirmada em nota pela emissora ao site Notícias da TV, nesta segunda-feira (08/07/2019). O repórter esportivo estava afastado do canal carioca desde 5 de junho.

“O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham. O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, informou a emissora.

A demissão ocorre um mês após William Bonner divulgar, ao vivo, o afastamento de Naves, que teria se envolvido diretamente no caso de Neymar e Najila Trindade. Naves estaria em busca de uma entrevista exclusiva com o advogado da modelo, portanto manteve informações sobre as acusações contra o jogador em sigilo.

Segundo fontes na Globo, Mauro teria se encontrado com o advogado de Najila em Petrópolis (RJ). José Edgard Bueno pediu ao jornalista, na época, para mediar um acordo entre o pai de Neymar e ele.

Naves teria recusado, já que não haveria notícia sobre o caso para reporter. O jornalista não teria, ainda, conversado com seus superiores sobre sua participação no escândalo. Quando Neymar pai o denunciou, Mauro decidiu, portanto, se manifestar.

Ainda conforme o Notícias da TV, a cúpula da Globo acha que Naves sabia que Neymar era acusado de agressão antes de todo mundo, mas não disse nada. Antes da demissão, o repórter teria, também, sido investigado por “ligações perigosas”.

 

« Voltar

SEM MÁGOAS

Débora Nascimento fala sobre relação com José Loreto: 'Vou amá-lo como amigo para sempre'

REDES SOCIAIS

Após ser criticada por ‘perseguir’ BBB, Nicole Bahls faz provocação

Veja também...

DE VOLTA

Saiba os detalhes da compra de Gabigol pelo Flamengo

OPORTUNIDADE

UEPB Patos inscreve em quase 200 vagas para cursos gratuitos de música

PRESTÍGIO

Paraibano do Sertão assume presidência do INSS