Compartilhe

Três astrofotografias feitas em Matureia estão entre as finalistas de concurso nacional

Por Folha Patoense    Domingo, 17 de Março de 2019


Três astrofotografias feitas em Maturéia na Paraíba ficaram entre as finalistas da edição 2018 do Concurso Nacional Olhe Para O Céu, que é organizado pelo Planetário do Rio de Janeiro. Este concurso tem como principal objetivo incentivar as pessoas a olharem mais para o céu e é realizado anualmente. Todas as fotos finalistas ficam em exposição no Planetário do Rio de Janeiro.

Na Categoria “Objetos de Céu Profundo”, para fotos de nebulosas e galáxias distantes, uma foto da Nebulosa de Órion feita por Evandro Torquato ficou entre as 7 finalistas. Já na Categoria “Céu e Paisagem”, para fotos que retratam céu estrelado em composição com paisagens, a Paraíba esteve representada por duas fotos, uma que retrata o céu do alto do Pico do Jabre feita por Allysson Macário e outra que retrata a Via Láctea sobre as ruínas de um antigo engenho feita por Maíra Souza.

Todas essas fotos foram feitas durante a última edição do Encontro Paraibano de Astrofotografia, que reúne anualmente astrônomos e astrofotógrafos no Casarão do Jabre em Maturéia, para troca de experiências e prática da astrofotografia. O encontro é realizado anualmente desde 2013 em uma parceria entre a APA, o NEPA/IFPB e o Casarão do Jabre. Confira abaixo as fotos paraibanas finalistas do Concurso.

Nebulosa de Órion
Categoria: Objetos de Céu Profundo
Data: 09/09/2018 Local: Maturéia – PB / Casarão do Jabre

Nikon D7100 (ISO 3200)
Telescópio Refrator Apo Astrotech 66mm F6 + Field Flattener
Montagem Star Adventurer SkyWatcher
115 imagens com 30s
Tempo de exposição total: 57min e 30s
Edição: DSS + Lightroom
Fotógrafo: Evandro Torquato

Céu do Pico do Jabre

Categoria: Céu e Paisagem

Data: 09/09/2018 Local: Pico do Jabre, Maturéia – Paraíba.

Nessa imagem vemos a Via Láctea, com suas nuvens de gás e poeira através do horizonte, além do planeta Marte presente na Constelação de Sagitário. Também é possível observar vários aglomerados abertos como o Aglomerado de Ptolomeu e o Aglomerado da Borboleta na Constelação de Escorpião.

Detalhes Técnicos: Câmera Canon 6D; Lente 15mm Sigma Art; ISO 3200; f2.8; 25 segundos de exposição.

Fotógrafo: Allysson Macário de Araújo Caldas

Ruína Láctea

Categoria: Céu e Paisagem

Data: 08/08/2018 Local: Matureia/Paraíba

Via Láctea

Detalhes Técnicos: Canon EOS 6D; EF24-70mm f/2.8L II USM; 25” em F4.0; ISSO 2500

Fotógrafa: Maíra da Cunha Souza

apapb.org

 

« Voltar

LINDO CÉU

Nasa faz novo registro do planeta Júpiter

MEDO GRANDE

Sucuri de 7 metros 'posa' para foto e até lambe a câmera em rio de águas transparentes

Veja também...

IMPREVISÍVEL

STF deve decidir nesta semana se concede Harbeas Corpus a Dinaldo Filho

DISPUTA

Climão: Raul Gil perde espaço na TV para 'queridinhas' de Silvio

NA TELONA

'Nada a Perder 2' tira liderança de 'O Rei Leão' nas bilheterias