Compartilhe

Corpo de Bombeiros de Patos desativa posto de monitoramento na Barragem Pedra Lisa

Por Redação 40 Graus com Folha Patoense    Quinta-Feira, 14 de Maio de 2020


O comandante regional do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba, com sede em Patos, coronel Saulo Laurentino, informou que a corporação está desativando nesta quinta-feira (14), o posto de monitoramento na Barragem Pedra Lisa, no município de Imaculada, que ameaçou romper após ter ultrapassado a capacidade hídrica. Também está sendo desativado o posto avançado de comando em Olho D`água.

O coronel Saulo disse que a desmobilização só foi possível em virtude do significativo avanço dos trabalhos realizados pelas empresas contratadas pelo governo do estado para atuarem na área da barragem, proporcionando a diminuição da capacidade hídrica, como também, os reparos emergenciais no manancial.

Saulo

“É um desejo de todos envolvidos nessa operação que essa nossa ação seja em caráter definitivo, mas também tranquilizamos a população que, se necessário for, estaremos em plenas condições de desenvolver o que foi estabelecido no nosso planejamento operacional numa eventual necessidade, com condições plenas de reativar todos os postos e mobilizar toda logística que foi direcionada para essa operação”, concluiu o coronel Saulo.

Conforme dados disponíveis no site da Aesa, fortes chuvas que caíram na região desde o início do ano fizeram com que a barragem alcançasse a marca de 6.068.069 m³ de água, que correspondem a 123% da capacidade total do reservatório, que é de 4.929.420 m³.

Veja o vídeo:

« Voltar

NA CAPITAL

Idoso está em João Pessoa à procura de familiares em Patos e Cajazeiras

NA CAPITAL

Motorista atropela idoso e foge sem prestar socorro no Bessa; depois é preso

Veja também...

NA PARAÍBA

Bebê é achado morto dentro de caixa e polícia investiga suspeita de infanticídio

AUDÁCIA

Cliente é assaltada enquanto fazia compras em supermercado; confira o vídeo

NO SERTÃO

Complexo Regional de Patos tem ambulância de suporte avançado para pacientes com Covid-19