Compartilhe

Repórter da Globo é mantida refém na sede da emissora no RJ por homem a procura de Renata Vasconcelos

Por Metrópoles    Quarta-Feira, 10 de Junho de 2020


Um homem invadiu a TV Globo na tarde desta quarta-feira (10) e manteve a repórter Marina Araújo refém, conforme uma fonte informou ao Metrópoles. A polícia foi acionada e tentou negociar com o suspeito.

O sujeito teria entrado na sede do canal, no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, gritando “Globo lixo”. De acordo com um cinegrafista que esteve no local, todos os funcionários ficaram isolados, presos no andar onde funciona a GloboNews.

O homem estava armado com um facão e beijava a cabeça da repórter enquanto apontava a arma para o pescoço dela. O sujeito estaria à procura da jornalista Renata Vasconcelos, com quem queria conversar. Nesta quarta-feira (10), é aniversário dela.

Ao tomar conhecimento do episódio, a jornalista Renata Vasconcelos apareceu e, segundo a fonte, o suspeito soltou a faca. Na sequência, ele, descrito pelos presentes como “psicopata”, foi preso. A situação foi controlada.

 

 

« Voltar

MISTÉRIO

Cobras voadoras intrigam cientistas; assista ao vídeo

EM CONTAGEM

Carro desgovernado e em chamas desce rua; motorista foi salvo com a ajuda de um gato

Veja também...

NO SERTÃO

PM prende dupla acusada de vários roubos de moto em Patos e recupera veículo tomado no Santo Antônio

FICA NA GÁVEA

Jorge Jesus tranquiliza Landim em jantar e indica permanência no Flamengo

PREOCUPANTE

Paraíba ultrapassa marca de 1.200 mortes por Covid-19 e tem mais de 59 mil infectados