Compartilhe

Hospital Napoleão Laureano faz mutirão em alusão ao dezembro laranja

Por MaisPB    Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017


 

O câncer de pele corresponde a 33% dos diagnósticos de câncer no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). A cada ano, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) registra cerca de 180 mil novos casos . Em alusão ao dezembro laranja, o Hospital Napoleão Laureano iniciou nesta terça-feira (12) ações e alertas para uma doença fatal.

De acordo com a dermatologista Camila Magno, é comum a doença começar a dar sinais a partir dos 40 anos. Mas, os cuidados devem começar bem antes.

“Já existem estudos mostrando que a proteção solar antes dos 18 anos diminui o risco de desenvolver o câncer de pele na vida adulta em até 80%, além de criar na criança e no adolescente o hábito do uso do protetor solar e nas formas de proteção como um todo”, revela a médica.

As formas de proteção, atualmente, estão cada vez mais disponíveis. Óculos, chapéu, blusas de proteção, protetor solar são alguns métodos de prevenção contra o câncer.

Caso o câncer de pele seja diagnosticado, os procedimentos vão ser feitos de acordo com o estágio da doença, e as recomendações do especialista responsável.

Segundo Camila, na Paraíba o Hospital Napoleão Laureano é referência no tratamento da doença. . Com cerca de 20 médicos, a população vai ter acesso a consultas gratuitas, e se for necessário, cirurgias também.

Assista:

 

« Voltar

BRUNINHA

Paraibana faz graça com fit dance e tem mais de 200 mil visualizações

Professor paraibano mostra talento com ‘Cordel da Copa’

Veja também...

CAOS TOTAL

Vereadoras denunciam caos em creche de Patos e são impedidas pela direção de entrarem para fiscalizar

NO SERTÃO

Fátima Bocão cobra da prefeitura combate ao excesso de insetos na Feira Livre de Patos

NA CHEGADA

Bonifácio Rocha frustra expectativas e anuncia permanência do cunhado de Dinaldo no governo; outros nomes o 40 Graus antecipa