Compartilhe

Parque Religioso Cruz da Menina de Patos pode tornar-se patrimônio imaterial da Paraíba

Por Assessoria    Quarta-Feira, 11 de Março de 2020


Visitado por milhares de turistas, o Parque Religioso Cruz da Menina, localizado em Patos, no Sertão paraibano, pode tornar-se patrimônio imaterial da Paraíba, caso a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprove o projeto de lei de autoria do deputado estadual Nabor Wanderley (Republicanos).

Conforme explicou Nabor, o Parque Cruz da Menina é considerado um local sagrado, o qual milhares de fieis e turistas de todo o Brasil vão visitar para fazer promessas, agradecer por graças alcançadas ou apenas para conhecer a história da menina Francisca. Com a aprovação do projeto de lei, o parque poderá fazer convênio entre o Poder Público, a iniciativa privada e a Diocese de Patos a fim de obter recursos para manter a sua preservação.

“A edificação do Parque Cruz da Menina foi uma luta do deputado federal Edvaldo Motta que só foi entregue na gestão do governador Ronaldo Cunha Lima, em 1993. De lá pra cá são inúmeros os fiéis que vão a Patos visitar o parque e precisamos garantir a sua conservação. Por isso, apresentamos o Projeto de Lei para tornar a Cruz da Menina em patrimônio imaterial como forma de garantir a sua conservação”, finalizou Nabor.

« Voltar

FÉ CATÓLICA

Padre Marcelo Rossi celebra missa com fotos de profissionais de saúde coladas em cadeiras vazias

SEM PRESENÇA

Igrejas católicas da Paraíba não terão procissão no Domingo de Ramos

Veja também...

NO SERTÃO

PRF recupera em São Mamede, veículo roubado em Campina; um dos acusados é preso em Patos

SOLIDARIEDADE

Marília Mendonça anuncia doação de R$ 50 mil para o Hospital Universitário de João Pessoa

MUDANÇAS

CBF não garante pontos corridos no Brasileirão 2020, diz jornalista