Compartilhe

Arquidiocese da Paraíba afasta padre citado em denúncias de abuso sexual

Por Jornal da Paraíba    Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019


O Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson, decidiu afastar o padre Rui Braga. O afastamento ocorreu após a exibição da reportagem do Fantástico, da Rede Globo, no dia 20 deste mês, mas só veio a público nesta terça-feira (29). Foi instaurado um procedimento interno para apurar as denúncias. A revelação foi feita pelo vigário geral, padre Luiz Júnior, nesta terça.

Com a decisão, o padre Rui Braga deixou de celebrar missas. Ele era o único, dos quatro citados na reportagem do Fantástico, que não estava afastado. A assessoria de imprensa da Arquidiocese da Paraíba declarou que o religioso está hospitalizado, devido a um problema de pressão, mas não informou desde quando nem em qual unidade de saúde.

Nesta segunda-feira (28), novas denúncias de abusos sexuais cometidos por padres contra crianças e adolescentes foram exibidas pela TV Cabo Branco. Entre os religiosos citados, está o padre Rui. Segundo o promotor Guilherme Lemos, o Ministério Público da Paraíba deve instaurar um procedimento para investigar as novas denúncias.

« Voltar

TRISTEZA

Pastor é assassinado por guerrilha comunista por se opôr ao tráfico, na Colômbia

NO CÉU

'Parece que vou sair de mim', diz Joelma sobre cantar música gospel

Veja também...

MUDANÇAS

Reforma da Previdência: entenda os principais pontos da proposta apresentada pelo governo

MUDANÇAS

Reforma vai extinguir aposentadorias especiais para parlamentares

MUDANÇAS

Governo quer transformar Hospital Regional de Patos em centro de referência para especialidades' afirma secretário