Compartilhe

Papa Francisco diz em vídeo que juízes devem ser isentos de favoritismos e pressões

Por Veja    Quinta-Feira, 4 de Julho de 2019


Em vídeo publicado nesta quinta-feira, 4, o papa Francisco ressaltou a importância da independência dos juízes e disse que ela deve ajudá-los a serem “isentos de favoritismos e das pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”.

As imagens mostram a encenação de uma audiência em que as partes mostram diferentes imóveis: de um lado um prédio em um resort; do outro, uma casa simples.

 

“Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade. Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra”, completa a mensagem.

Nos comentários da mensagem, publicada no Twitter, muitos seguidores fizeram menções ao ministro Sergio Moro, que tem sua atuação como juiz contestada após a divulgação de uma série de mensagens com o procurador Deltan Dallagnol.

« Voltar

SUSTO

'Estou ótimo, fiquem tranquilos', diz Padre Marcelo Rossi após sofrer empurrão e cair do palco da missa

ACHADO

Arqueólogo diz ter achado local do encontro entre Abraão e Melquisedeque

Veja também...

BOA NOTÍCIA

Ação beneficente será realizada em Malta em prol do Hospital do Câncer Napoleão Laureano, nesta sexta(19)

NO SERTÃO

Prefeitura Municipal de São José do Bonfim realiza Orçamento Democrático

NO SERTÃO

OS de Goiânia-GO vai gerenciar Hospital e Maternidade de Patos