Compartilhe

STJ concede liberdade a prefeito de Tavares preso por exigir propina

Por Redação 40 Graus    Terça-Feira, 4 de Dezembro de 2018


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu liberdade ao prefeito do município de Tavares, que fica no Sertão do Estado, Aílton Suassuna (MDB), foi preso na última sexta-feira (30) durante a Operação República, realizada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado do Ministério Público (Gaeco) em parceria com a Delegacia Especializada no Crime Organizado (Deccor).

A Justiça atendeu a um habeas corpus impetrado pelo advogado Aécio Farias. O ministro Edson Reis determinou a imediata soltura do gestor e do seu irmão Michael Suassuna. Eles são acusados de exigirem propina a um empresário para liberarem pagamento de dois veículos adquiridos pelo município.

Sem razões

Segundo o ministro, não há razões para a manutenção da prisão dos acusados porque preenchem os requisitos autorizadores para aguardarem a tramitação do processo em liberdade.

Aécio Farias disse que o ministro agiu acertadamente e aguarda que eles sejam absolvidos pela Justiça.

« Voltar

MUDA TUDO

Reforma de Bolsonaro limita abono a quem ganha até um salário mínimo

MAIS LUTA

Trabalhador contribuirá 40 anos para aposentar-se com 100% do salário

Veja também...

AINDA DAS ELEIÇÕES

Quase 600 títulos eleitorais podem ser cancelados em Patos

NO SERTÃO

Dupla é assassinada a tiros em Coremas, no Sertão

MUDANÇAS

Reforma da Previdência: entenda os principais pontos da proposta apresentada pelo governo