Compartilhe

Lei que aumentou contribuição de iluminação pública em Patos pode ser revogada

Por Redação 40 Graus com Mais Patos    Quinta-Feira, 8 de Novembro de 2018


A vereadora Nadir Rodrigues afirmou durante seu pronunciamento na sessão ordinária na Câmara de Vereadores desta quinta-feira(08), que vai pedir a revogação da Lei que aumentou a Contribuição De Iluminação Pública em Patos.

A Lei 001/2017 de autoria do Poder Executivo, foi aprovada na Câmara de Vereadores em janeiro de 2017. A Câmara foi convocada em caráter extraordinário para apreciar projetos do poder executivo, enviados pelo prefeito Dinaldo Filho e a referida Lei isentava pagamento da tarifa de iluminação para os residentes na zona rural e inclui proprietários de terrenos na zona urbana e a partir da aprovação, quem tivesse terreno pagaria taxa de iluminação.

Segundo o promotor do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado Gaeco, Romualdo Tadeu Dias, o aumento da taxa de iluminação pública que foi determinado na cidade fazia parte do esquema de propina da Prefeitura Municipal de Patos com a empresa escolhida para operar os serviços de iluminação na cidade.

A investigação da Operação Cidade Luz culminou no afastamento do prefeito Dinaldo Filho, que permanece cumprindo medidas cautelares impostas pelo Tribunal de Justiça até o agravo regimental seja julgado, cuja decisão pode ou não ser pela sua volta ao cargo.

« Voltar

TUDO EM CASA

Edjane Araújo emplaca a esposa do seu cunhado como sua adjunta no Desenvolvimento Social em Patos

NA PARAÍBA

Prefeito Nael Rosa pede liberação de recursos para Malta ao Ministro da Saúde

Veja também...

ELEIÇÕES 2018

Candidata do PSL de Patos que recebeu R$ 201 mil nega ter sido ‘laranja’

HISTÓRICO

Gabigol está perto de atingir marca de Romário com a camisa do Flamengo

NO SERTÃO

ASPOL realiza vigília em Patos para lembrar policiais civis mortos