Compartilhe

Rodrigo Maia impede que segurança da Câmara empurre agente de trânsito de Patos

Por Congresso em Foco    Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019


O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), interveio para que um segurança não empurrasse um agente de trânsito que tentou falar com ele. O fato aconteceu no caminho entre a chapelaria da Câmara dos Deputados, e o colégio de líderes, onde Maia se reunirá com outros parlamentares para definir a agenda da semana.

 

O agente que protagonizou a cena é também presidente da Associação dos Agentes de Trânsito do Brasil (AGT Brasil), Antônio Coelho. “A gente viu o presidente Rodrigo Maia e foi apresentar pra ele nossa demanda”, relata o agente. “O segurança foi logo afastando pra gente não ter acesso ao presidente, mas o presidente Rodrigo Maia foi sensível, e chamou logo pra ouvir o que nós temos a falar”, conta Antônio.

A cena aconteceu na frente da imprensa. Ao subir a escada que fica no fim da chapelaria, entrada costumeiramente usada por Rodrigo Maia, o segurança tentou afastar o agente de trânsito. Maia rapidamente interveio e pediu para o segurança não fazer isso. “Ô, pra que isso?”, indagou o presidente da Câmara dos Deputados ao segurança, que se afastou alguns passos.

A atitude de Maia agradou os agentes, que demonstraram muita empolgação por terem conseguido falar com ele. “Nossa visão do presidente Rodrigo Maia é positiva né? Tanto que quando ele viu o segurança empurrando o trabalhador, o agente de segurança viária, o presidente nos ouviu e disse que vai analisar com carinho a nossa causa”, declarou Antônio.

Os agentes de trânsito estão no Congresso Nacional para pedir aos parlamentares que estendam a eles o direito ao porte de armas. “Nosso pedido é que sejam inseridos os agentes de trânsito no direito de portar o armamento, nós somos os únicos do artigo 144, que é o artigo de segurança pública, que infelizmente não possui o porte de armas”, diz o agente de trânsito de Goiás, Elias Santos.

Também está presente nos corredores da Câmara agentes do estado da Bahia, filiados ao Sindicato dos Servidores de Trânsito e Transportes de Salvador e Região (Sindttrans).

 

Maia ouviu a demanda dos agentes e prometeu analisar suas demandas, mas não se comprometeu a acata-las. “Não vou prometer que eu vou acatar ou não, mas vou analisar”, disse Rodrigo Maia, que finalizou o encontro inesperado com uma foto.

« Voltar

VERGONHA

Salários dos parentes, assessores da senadora Daniella Ribeiro, chegam a R$ 630 mil por ano

DE SAÍDA

Hervásio diz que João Azevedo deve deixar o PSB e pretende acompanhar o governador

Veja também...

MENOS SAÚDE

Presidente da ASPAA diz que autista teve atendimento negado no Centro Especializado em Reabilitação de Patos

NO SERTÃO

MP arquiva inquérito que investigava ato de improbidade do prefeito Sales pela não realização do São João

SEM SORTUDO

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 120 milhões nesta quarta-feira