Compartilhe

Rotam prende mulher em Patos por falsidade ideológica e suspeita de praticar estelionato

Por Redação 40 Graus Patos Verdade    Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019


A Rotam do 3º BPM prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (18), uma mulher de 39 anos, natural de Portalegre, no Rio Grande do Norte, por falsidade ideológica e uso de documento falso, na cidade de Patos, no Sertão paraibano.

Geruza da Costa Silva foi presa na Rua Aluísio de Queiroz, no Jardim Lacerda, com duas identidades falsas. Na residência, onde ela morava há dois meses, os policiais apreenderam perfumes nacionais e importados, bolsas, carteiras de grife, malas, joias, semijoias, um veículo, mais de 10 cartões bancários em nome de terceiros e aproximadamente R$ 3.500,00 em dinheiro.

Segundo a polícia, Geruza da Costa, que também apresentava documentos de identidades com nomes de Maria do Socorro R.C Pereira e Elisangela Lopes, é suspeita de praticar estelionato nas cidades de Ponta Porã (Paraná), Dourados (MS) e Fortaleza (CE).

A suspeita foi encaminhada para o Presídio Feminino de Patos onde ficará à disposição da Justiça.

« Voltar

NO SERTÃO

Veículo roubado é localizado em Patos por agentes de trânsito da STTrans

NO SERTÃO

Polícia Civil prende suspeito de tentativa de latrocínio em Coremas

Veja também...

CARIOCA 2020

Bruno Henrique é poupado e não encara o Flu no primeiro jogo da final

NA PARAÍBA

23 municípios da PB alcançam bandeira verde e podem retomar atividades sem restrições

MUDANÇAS

Patos vai para bandeira amarela e pode ter comércio e shoppings reabertos na quarta-feira