Compartilhe

Rotam prende mulher em Patos por falsidade ideológica e suspeita de praticar estelionato

Por Redação 40 Graus Patos Verdade    Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019


A Rotam do 3º BPM prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (18), uma mulher de 39 anos, natural de Portalegre, no Rio Grande do Norte, por falsidade ideológica e uso de documento falso, na cidade de Patos, no Sertão paraibano.

Geruza da Costa Silva foi presa na Rua Aluísio de Queiroz, no Jardim Lacerda, com duas identidades falsas. Na residência, onde ela morava há dois meses, os policiais apreenderam perfumes nacionais e importados, bolsas, carteiras de grife, malas, joias, semijoias, um veículo, mais de 10 cartões bancários em nome de terceiros e aproximadamente R$ 3.500,00 em dinheiro.

Segundo a polícia, Geruza da Costa, que também apresentava documentos de identidades com nomes de Maria do Socorro R.C Pereira e Elisangela Lopes, é suspeita de praticar estelionato nas cidades de Ponta Porã (Paraná), Dourados (MS) e Fortaleza (CE).

A suspeita foi encaminhada para o Presídio Feminino de Patos onde ficará à disposição da Justiça.

« Voltar

NA PARAÍBA

Homem é morto com tiro no abdômen por policial militar durante abordagem

NA PARAÍBA

Novembro registra menor número de mulheres assassinadas em 2019, na Paraíba

Veja também...

DE NOVO

Atleta de Patos é campeã paraibana de Fisiculturismo na categoria Body Fitness

NO SERTÃO

Escolas estaduais de Patos estão com matrículas abertas para novatos até dia 20 de dezembro

NA PARAÍBA

Polícia resgata 19 cães em rinha; churrasco com carne de cachorro era servido