Compartilhe

Chove 98% do esperado para janeiro em nove dias em Patos

Por Epitácio Germano    Quarta-Feira, 9 de Janeiro de 2019


O acumulado de chuvas em Patos, no Sertão da Paraíba, durante os primeiros nove dias de 2019 é de 66,7 milímetros, o equivalente a 98% do esperado para o mês de janeiro, segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). A média histórica de precipitação pluviométrica para o período na cidade conforme informação do órgão é de 68mm.

As chuvas do início de 2019 também já superaram o índice de 45,4mm durante os 31 dias de janeiro de 2018. De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, as chuvas registradas nas últimas semanas eram esperadas para o período. “Essas chuvas acontecem em função do fenômeno da zona de convergência intertropical no oceano atlântico e naturalmente isso gera a formação de nuvens que se deslocam para regiões do Sertão, Alto Sertão e Cariri do estado provocando chuvas. Em algumas localidades essas chuvas estão ocorrendo com maior intensidade e outras não, o que é considerado normal observando a previsão informada pela Aesa em dezembro do ano passado”, disse.

A meteorologista explicou ainda que as chuvas registradas durante o mês de janeiro não possuem relação com o inverno na região do Sertão, que acontece durante o período de março a maio. “As precipitações pluviométricas deste período não têm relação com o inverno da região sertaneja que acontece após o mês de março, no entanto, são consideradas importantes essas precipitações porque ajudam na redução da temperatura e também recuperação da vegetação seca do semiárido”, concluiu Marle Bandeira.

« Voltar

NO SERTÃO

Câmara de Vieirópolis aprova lei que impede nomeação de condenados na Lei Maria da Penha pela prefeitura

TRAGÉDIA

Brumadinho: 212 corpos já foram encontrados; 93 desaparecidos

Veja também...

NO SERTÃO

Patos Shopping será inaugurado no dia 23 de abril

AFLIÇÃO

Patoense residente em Araçariguama-SP procura pela família em Patos que não vê há 30 anos

NO SERTÃO

Câmara de Vieirópolis aprova lei que impede nomeação de condenados na Lei Maria da Penha pela prefeitura