Compartilhe

Ex-conselheiro do TCE-PB é condenado por chamar síndica de 'esqueleto ambulante'

Por Click PB    Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020


O ex-conselheiro do Tribunal de Contas da União (TCE-PB), Umberto Silveira Porto, foi condenado pela 2ª Turma Recursal Permanente da Capital, a pagar uma indenização de R$ 7 mil por cometer injúria contra a síndica do condomínio onde mora. 

De acordo com a decisão, o ex-conselheiro do TCE teria chamado a síndica de "esqueleto ambulante" durante uma discussão em um grupo de WhatsApp.

Confira aqui a decisão.

"Da análise dos comentários, extrai-se clara atitude misógina e preconceituosa do promovido para com a promovente, utilizando-se de termo pejorativo, além de imputar-lhe fato criminoso, em falta de respeito e consequente ofensa à honra e imagem perante todos os integrantes do mencionado grupo", explicou o juiz José Ferreira Ramos Júnior, relator da decisão.

« Voltar

NA PARAÍBA

Incêndio atinge casa e destrói móveis e eletrodomésticos, no Sertão

NO SERTÃO

Bandidos tentam aplicar golpe em empresária de Patos por três vezes

Veja também...

NA PARAÍBA

Câmera registra passagem de meteoro nos céus da Paraíba

TESTEMUNHO

Pastor prega e homem desiste de suicídio em viaduto

ELEIÇÕES 2020

Conheça os candidatos a prefeito dos principais colégios eleitorais da Paraíba