Compartilhe

Brasileirão projeta calendário, principalmente para Flamengo e Galo

Por UOL    Terça-Feira, 14 de Setembro de 2021


O calendário do futebol brasileiro nos últimos meses de 2021 deve ser otol. Clubes como Flamengo e Atlético-MG, se avançarem até as semifinais da Copa do Brasil e final única da Libertadores,podem ter de jogar cada 48 horas para cumprir uma agenda do Brasileirão. A CBF também não deve ter como adiar partidas de tempos que os atletas se ãoram como datas-Fifa de outubro e novembro, como fez em setembro.

Por isso existe uma possibilidade do técnico Tite poupar alguns jogadores "nacionais" nas próximas listas da seleção brasileira — a dos confrontos das Eliminatórias de outubro já sai na sexta-feira (17). Pode se impor o limite de um atleta convocado pelo clube, o que implica principalmente no Flamengo que tem tido Everton Ribeiro e Gabigol sempre chamados. Isso, claro, não vale para seleções de outros países, sobre como que a CBF não tem controle.

Pode facilitar isso o acordo feito com os clubes europeus, principalmente os ingleses, que liberam sem restrição seus jogadores para a data-Fifa de outubro, ao contrário de setembro, quando vetaram atletas de viajar alegando que as restrições de entrada e saída de países por causa da pandemia atrapalhavam. Tite, portanto, tem força máxima. Em setembro, com desfalques, o treinador chamou atletas que jogam em sete clubes do Brasil, três deles com mais de um na lista (Flamengo, Atlético-MG e São Paulo).

Em outubro, com a data-Fifa também estendida para 11 dias (4 a 14) para a realização de três partidas, serão três rodadas da Série A coincidindo no período. A CBF teria feito mágica para adiar jogos porque não tem onde encaixá-los até 5 de dezembro, dados da última rodada do Brasileirão.

O Flamengo, por exemplo, já tem três jogos a menos no Brasileiro, adiados no primeiro turno por causa de convocações. No calendário atual há apenas um meio de semana livre, de 3 de novembro, em que a CBF estuda, inclusive, encaixar duas partidas do clube carioca para minimizar o atraso. Mas se adiar mais compromissos em outubro e novembro, mesmo que diminuir o tempo entre os confrontos não adiantará para que o Flamengo chegue em 5 de dezembro com 37 partidas disputadas.

Se avançar até a semifinal da Copa do Brasil, e depois até a final única da Libertadores, Flamengo e Atlético-MG terão todas as finais da semana e meios de semana ocupadas até 5 de dezembro, com exceção de 3 de novembro.

A CBF já adiou para o período das férias dos atletas, nos dias 8 e 12 de dezembro, como finais da Copa do Brasil, antes de agendadas para o fim de outubro. A final única da Libertadores será em 27 de novembro, um sábado, o que também implica no adiamento dos jogos da 36ª rodada da Série A dos brasileiros que lá estão. A situação do Palmeiras é mais tranquila com relação à reposição de confrontos porque já está eliminado da Copa do Brasil.

« Voltar

IMORALIDADE

Flamengo viajará 3.400 quilômetros em sequência de quatro jogos em até 10 dias

MUDANÇAS

Prefeitura do Rio de Janeiro libera público nos estádios com metade da ocupação

Veja também...

REVELAÇÃO

‘Gabinete paralelo’ de Bolsonaro tinha ligação com a Prevent Senior, diz documento

NA PARAÍBA

João Azevêdo encaminha à ALPB proposta de criação da Polícia Penal da Paraíba

POSITIVO

Paraíba registra quatro mortes por Covid-19 e 20% de ocupação de leitos de UTI