Compartilhe

Fluminense fechará ciclo de contratações com Nenê ou Ganso

Por Globo.com    Sexta-Feira, 11 de Janeiro de 2019


A primeira parte da reformulação do elenco do Fluminense foi quase concluída. Para a disputa dos primeiros compromissos de 2019, a direção avaliou que falta a contratação de um meia. E, para tal, decidiu que vale a pena fazer um esforço financeiro para contar com Nenê ou Ganso.

Na tarde de quinta-feira, no CT Pedro Antonio, o presidente Pedro Abad, o vice de futebol Fabiano Camargo e o diretor-executivo Paulo Angioni se reuniram. Entre diferentes temas, debateram a formação do elenco.

Caio Henrique, meia que disputou o Brasileirão do ano passado pelo Paraná, está acertado. Tem frequentado diariamente o CT, porém, como ainda não assinou contrato, está impedido de treinar no campo - faz apenas trabalhos físicos na academia. Equanto espera o término da troca de documentos com o Atlético de Madrid, dono dos direitos do atleta para poder anunciá-lo, o Fluminense centrou esforços em Nenê e Ganso.

Por ora, a direção não conversa com nenhum outro nome para a posição. Mesmo com as dificuldades financeiras, que na temporada passada geraram atraso salarial, o clube decidiu que pode superar um pouco o teto de R$ 150 mil por mês - Nenê e Ganso recebem vencimentos superiores a esse valor no São Paulo e no Sevilla, respectivamente.

Mesmo com esse esforço, o Tricolor precisaria de uma composição para contar com um dos nomes. São Paulo e Sevilla teriam de pagar parte do salário. Neste momento, soa como improvável a hipótese de o time das Laranjeiras contratar os dois atletas.

O Fluminense estreia no Carioca no dia 19 diante do Volta Redonda. A partida será às 19h no Maracanã. Especialmente para a disputa do Brasileirão, a depender de nova avaliação interna, o Tricolor deve contratar novos jogadores.

« Voltar

DE CHEGADA

Vasco chega a acordo com Richard e aguarda exames para anunciar volante do Corinthians

NA GÁVEA

A era Jesus: técnico português inicia nesta quinta-feira seu trabalho à frente do Flamengo

Veja também...

EM BRASÍLIA

Gervásio Maia assina requerimento que pede a exoneração do ministro Sérgio Moro

DESCASO TOTAL

Taxa de analfabetismo na Paraíba é a quarta maior do país, aponta IBGE

SOLITÁRIA

Paraibana Gkay recusa ajuda de Pedro Bial para ‘arranjar’ namorado