Compartilhe

Com direito a vídeo, Fla formaliza protesto na CBF contra arbitragem de Vuaden

Por Globo.com    Terça-Feira, 15 de Maio de 2018


O Flamengo apresentou nesta terça-feira protesto na CBF contra a atuação do árbitro Leandro Vuaden na derrota por 3 a 2 para Chapecoense, no último domingo, na Arena Condá, pela quinta rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro anexou um vídeo ao documento, onde questiona a decisão em lances de pênalti e o critério para distribuição de cartões. O GloboEsporte.com teve acesso ao material.

 

 

Flamengo envia vídeo para CBF com reclamações contra arbitragem

Flamengo envia vídeo para CBF com reclamações contra arbitragem

O clube carioca acredita que houve um pênalti não marcado a seu favor, aos dez minutos do primeiro tempo, de Apodi em Marlos Moreno. Para fundamentar sua opinião, há um comparativo com infração assinalada de Hudson em Zé Rafael, que resultou no primeiro gol do Bahia em empate com o São Paulo, na mesma rodada. O Flamengo relembrou ainda o pênalti a favor do Independiente na decisão da Copa Sul-Americana.

Já a respeito da penalidade máxima a favor da Chape, o vídeo aponta falta de ataque de Guilherme em Jonas, com ênfase para um puxão de camisa do atacante. Por fim, há um compilado de faltas que o clube identifica como similares e jogadores rubro-negros foram punidos com cartão amarelo, enquanto houve condescendência com os catarinenses. A CBF ainda não se posicionou sobre o protesto.

 

Com 10 pontos, o Flamengo é o líder do Brasileirão e tem clássico com o Vasco pela frente, sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã.

« Voltar

ESPERANÇA

Após bater o Treze, Nascimento desafia o Belo: 'Vamos ver se é tudo isso'

ESPERANÇOSO

Gabigol sobre a seca de gols no Flamengo: 'Naturalmente vai sair. Todos estão ansiosos'

Veja também...

MUDANÇAS

Reforma da Previdência: entenda os principais pontos da proposta apresentada pelo governo

MUDANÇAS

Reforma vai extinguir aposentadorias especiais para parlamentares

MUDANÇAS

Governo quer transformar Hospital Regional de Patos em centro de referência para especialidades' afirma secretário