Compartilhe

Patos sedia Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional

Por Secom PB    Quinta-Feira, 7 de Novembro de 2019


A cidade de Patos sediou nessa quarta-feira (6) a 5ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. O evento foi organizado pelo Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea-PB), em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Patos e com o Projeto de Consolidação do Sisan, vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano.
 
Com o tema “Segurança Alimentar e Nutricional: direito de todas e de todos”, o evento foi realizado no Centro de Treinamento de Lideranças – CTL e reuniu diversos representantes de segmentos quilombolas, agricultores e agricultoras familiares, representantes do poder público, de organizações não governamentais e movimentos sociais, além de 90 municípios do Sertão, Alto Sertão, Vale do Piancó, Vale do Sabugi e Serra do Teixeira.
 
Na ocasião, a presidente do Consea de Patos, Valdefran Diniz, elogiou a participação massiva da sociedade civil e também falou que a conferência é de caráter popular, uma forma de resistência.
 
Após a abertura, foi feita a leitura e aprovação do regimento interno. Ainda pela manhã, foram formados grupos de trabalho para discussão dos eixos da conferência e à tarde as propostas foram apresentadas.
 
“Essa conferência é de suma importância para que possamos reivindicar os nossos direitos a uma alimentação de qualidade e livre de veneno. Mostrar a luta pela soberania alimentar, pela agricultura familiar e outras questões que estão interligadas. Então, esse momento é uma forma da sociedade civil e os governos estadual e municipal escutarem as necessidades populares”, pontuou a coordenadora do Banco de Alimentos e do PAA, Marta Suely.
 
A coordenadora do Projeto de Consolidação do Sisan na Paraíba, Ângela Carolina de Medeiros, destacou a importância da Conferência para o fortalecimento das Políticas de Segurança Alimentar: “Esse é um momento de unir forças em prol da Segurança Alimentar no Estado. Foram mais de 400 agrotóxicos aprovados só esse ano, estamos nadando contra a corrente, mas acreditamos no potencial da mobilização que hora estamos realizando. No âmbito do Projeto, estamos empenhados para sensibilizar as gestões municipais sobre a importância estratégica de aderir ao Sisan.  A adesão é fundamental para que o município consiga obter apoio técnico, orçamentário e político para operacionalização dapolítica de segurança Alimentar localmente. Esse momento da conferência é oportuno para reforçarmos esse diálogo”, ressaltou.
 
Ao final foram eleitos delegados que representarão os municípios na Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional, que será realizada nos dias 21 e 22 de novembro, em João Pessoa.

« Voltar

MAIS UM

Petrobras reajusta gasolina em 2,8% nas refinarias

NO SERTÃO

TJPB mantém pena de 21 anos de reclusão a homem que matou companheira a facadas em Patos

Veja também...

NO SERTÃO

Prefeito Ivanes confirma que pode fechar UPA de Patos por falta de dinheiro

DE CHEGADA

Nacional de Patos anuncia mais um meia para temporada 2020

NO SERTÃO

Hospital Regional de Patos registra mais de 40 mil atendimentos entre janeiro e outubro deste ano