Compartilhe

População de Santana de Mangueira denuncia que mais de 30 cães foram envenenados

Por Vale do Piancó Notícias    Terça-Feira, 11 de Junho de 2019


A população da cidade de Santana de Mangueira, localizada na região do Vale do Piancó, está estarrecida com a matança de cachorros, que vem ocorrendo no município. Mais de 30 animais teriam sido mortos nos últimos dias, todos por envenenamento.

De acordo com moradores, os corpos dos animais são espalhados, todos mortos por envenenamento. Não há suspeitos de quem seriam os autores, o que teria motivado os envenenamentos e não se sabe se os fatos têm ligação.

Segundo informações de uma fonte que não quis ter sua identidade revelada, o município não possui um departamento com veterinário de prontidão para recolher os animais e os submeter a exames, capazes de detectarem possíveis doenças, como Leishmaniose visceral – também conhecida por seu nome indiano calazar, uma doença não contagiosa causada, entre outros, por três espécies de protozoários pertencentes ao gênero Leishmania, clínica e biologicamente distintas e com diferentes distribuições geográficas.

A orientação da polícia é que os donos de animais registrem boletim de ocorrência. Envenenar animais é crime, com pena prevista em lei.

« Voltar

IMORAL

Paraíba tem 26 grandes obras paradas no valor de R$ 172 milhões

IMPASSE TOTAL

Projeto que desafeta terreno para instalação da Renault é retirado de pauta; Patos pode perder 30 empregos

Veja também...

DESCASO TOTAL

Taxa de analfabetismo na Paraíba é a quarta maior do país, aponta IBGE

SOLITÁRIA

Paraibana Gkay recusa ajuda de Pedro Bial para ‘arranjar’ namorado

NA PARAÍBA

Sancionada lei que proíbe corte de energia, água e telefonia nos finais de semana e feriados