Compartilhe

Esposa de Érico é exonerada do cargo após deputado ter pedido negado pelo prefeito Bonifácio

Por Redação 40 Graus    Quinta-Feira, 14 de Março de 2019


O Diário Oficial do Município de Patos, desta terça-feira, dia 12 de março, trouxe a exoneração de Germana Nunes Wanderley Alencar, esposa do deputado Estadual Érico Djan(PPS), do cargo de Assessora Nível I, ora lotada no Gabinete do Prefeito Bonifácio Rocha que assinou a sua demissão.

Corre nos bastidores do Palácio Clóvis Sátyro que o motivo teria sido uma desavença entre o deputado e o prefeito nesta semana após reunião. Érico teria pedido a nomeação de sua esposa para a titularidade da Secretaria de Desenvolvimento Social, ora ocupada pela vereadora Edjane Araújo, considerada hoje dama-de-ferro da administração.

Como o prefeito não atendera seu pedido, Érico teria se irritado e trocado palavras ríspidas com o gestor. Após isso, teria pedido que o mesmo a exonerasse do cargo.

Até agora o prefeito não se pronunciou sobre o fato, nem tampouco o seu aliado Érico Djan. Ele foi apoiado por Bonifácio na sua campanha a Assembleia Legislativa em 2018.

Diante deste episódio, não se sabe qual será o comportamento do deputado a partir de agora. Ele já havia recentemente rompido com o prefeito afastado Dinaldo Filho também por falta de indicação da sua pessoa a pasta de Secretaria de Saúde do município.

No entanto, o parlamentar negou desentendimentos com o prefeito interino.  “Eu pedi que ela saísse para ajudar no meu mandato parlamentar”, explicou o deputado.

« Voltar

NO SERTÃO

Ex-prefeito Betinho Campos investigado por corrupção é processado pela 38ª vez pelo MPF

FÉ QUE RECEBE

EXCLUSIVO: Fornecedores e artistas religiosos cobram dívidas do São João de Patos 2018

Veja também...

BOA NOTÍCIA

Flamengo anuncia banco digital como seu patrocinador master até o fim de 2020

NO SERTÃO

Vereador de Patos solicita voto de aplauso a Pinto do Acordeon

NO SERTÃO

Jovem de Quixaba tira a própria vida tomando veneno em São José de Espinharas