Compartilhe

As Crônicas de Nárnia terá adaptação de filmes e séries para a Netflix

Por Redação 40 Graus    Quinta-Feira, 4 de Outubro de 2018


A Netflix anunciou nesta quarta-feira (03) que fará a adaptação da franquia As Crônicas de Nárnia para a plataforma de streaming. Esta é a primeira vez que todos os direitos autorais dos sete livros pertencem a uma mesma companhia. A saga, que é originalmente dos livros do autor C.L. Lewis, ganhou enorme destaque em 2005 quando foi lançado pela distribuidora da Sony o primeiro filme ‘ As Crônicas de Nárnia – O Leão, A Feiticeira e o Guarda-roupa’. Na sequência houve o lançamento de ‘ As Crônicas de Nárnia e o Príncipe Caspian e ‘ As Crônicas de Nárnia – A Viagem Do Peregrino da Alvorada’, cuja trilogia que faturou 1,5 bilhão de dólares em todo o mundo. Havia a possibilidade de uma continuação do longa em 2013, mas o projeto não se realizou.

A confirmação da compra ressaltou o interesse da Netflix de expandir cada vez mais os conteúdos originais do serviço. “As amadas histórias de C.S. Lewis, As Crônicas de Nárnia, têm ressoado com gerações de leitores ao redor do mundo. Famílias se apaixonaram por personagens como Aslan e todo o mundo de Nárnia e estamos animados para estar em suas casas nos próximos anos”, disse Ted Sarandos, chefe de conteúdo do serviço de streaming. Mark Gordon, Douglas Gresham e Vincent Sieber são os produtores executivos, e a Netflix será o estúdio de produção e divulgação da obra.

A estratégia da Netflix é criar um universo cinematográfico para os filmes de fantasia, entrando em concorrência com a Amazon, que este ano comprou os direitos autorais num acordo multimilionário para dar continuidade à obra do Senhor dos Anéis de J.J.R. Tolkien para a tv.

« Voltar

CHEGANDO

Lucy Alves lança sua nova música e clipe ‘Mexe Mexe’; assista

NA PARAÍBA

Queda do FPM provoca cancelamento em festas juninas em Patos e Sobrado

Veja também...

CONFIRMADO

Bolsonaro visita Pernambuco na próxima sexta e se reunirá com João Azevêdo e governadores do Nordeste

PREOCUPAÇÃO

Número de feminicídios em abril sobe 50% em relação ao primeiro trimestre de 2019, na Paraíba

CARAS E BOCAS

Luxemburgo chuta esparadrapo, gesticula e sofre na estreia no Vasco