Compartilhe

Venda de ingressos para show de Chico Buarque começa dia 25 na Capital

Por Portal Correio    Quarta-Feira, 18 de Julho de 2018


“Minha embaixada chegou/ Deixa meu povo passar”. Assim, tomando para si a canção de Assis Valente, Chico Buarque traz a Turnê Caravanas para João Pessoa, no dia 18 de setembro no Teatro Pedra do Reino. As vendas começam no dia 25 de julho, através do site bilheteriavirtual.com ou na Domus Hall. Os ingressos custam de R$ 90 (meia) a R$ 340 (inteira), em setores diferentes. 

O sucesso se explica não só pela expectativa naturalmente criada em torno dos shows de Chico, afastado dos palcos desde 2012. O álbum Caravanas (lançado pela Biscoito Fino) foi apontado por muitos como um dos melhores do ano, assim como a canção As caravanas – tomada desde o nascimento como um dos grandes clássicos da obra do compositor. Além disso, o show mostra um Chico dialogando com seu tempo de forma aguda, como em alguns dos períodos mais marcantes de sua carreira. E aqui a expressão “seu tempo” tem sentido duplo. Por um lado, trata do momento de tensão política e social que o Brasil e o mundo atravessam. Por outro, “seu tempo” diz respeito ao tempo que o artista procura afirmar no palco, acima de qualquer cronologia. O “tempo da delicadeza”, como escreveu ele sobre a melodia de Cristóvão Bastos em Todo o sentimento – não por acaso, presente no repertório. 

Depois de pedir permissão para seu povo passar, Chico deixa claro quem chama de seu povo. Ele está presente em Mambembe, declaração de princípios e louvação à figura do artista – recentemente tratado como vagabundo em debates acalorados neste presente que Chico transcende no palco. Está também nos malandros de Partido alto e A volta do malandro assim como na involuntária heroína, duplamente violentada, de Geni e o zepelin. E, em definitivo, nos mestres e colegas listados em Paratodos. 

A representação maior do povo que Chico puxa em sua embaixada talvez seja Wilson das Neves, a quem o show é dedicado. O cantor lembra seu velho amigo e baterista de sua banda, morto em 2017, cantando a primeira parceria da dupla, Grande hotel.

Cuba ganha um lugar especial no universo desenhado por Chico no show, com Yolanda (versão em português do compositor para canção do cubano Pablo Milanés) e Casualmente, construída sobre uma memória de Havana.

A grandeza do que se vê no palco, porém, não se resume às canções. Chico é sustentado por uma banda primorosa, que, a partir dos arranjos de Luiz Claudio Ramos, parece se multiplicar. Ela é formada por  João Rebouças (piano), Bia Paes Leme (teclados e vocais), Chico Batera (percussão), Jorge Helder (contrabaixo), Marcelo Bernardes (flauta e sopros) e Jurim Moreira (bateria), além do próprio Luiz Claudio Ramos (violão). Também constroem o espetáculo a luz de Maneco Quinderé, os figurinos de Marcelo Pies e o cenário de Helio Eichbauer, formado por um jogo de oito cordas entrelaçadas – que formam diferentes desenhos e movimentos e mudam de tom de acordo com a iluminação – e “uma esfera armilar que flutua no espaço azul como algum sistema planetário”, como ele mesmo descreve. 

A turnê Caravanas tem produção geral de Vinícius França e direção técnica de Ricardo Tenente Clementino. Antes de chegar a João Pessoa, a turnê passará por Curitiba (Teatro Guaíra, de 02 a 04 de agosto), Porto Alegre (17, 18 e 19 de agosto, no Auditório Araújo Vianna) e Brasília (30 e 31 de agosto, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães). 

Caravanas tem patrocínio da Icatu Seguros, que já havia apoiado o último espetáculo do artista, em 2012 – visto por mais de 150 mil espectadores. 

SERVIÇO 

CARAVANAS – show com Chico Buarque e banda 

JOÃO PESSOA: 

Local: Teatro Pedra do Reino 

Rod. PB-008, Km 5, Distrito Industrial do Turismo Jacarapé 

Data: 18 de setembro (terça-feira) 

Horário: 21h 

Abertura da casa: 20h

Início das vendas: 25 de julho (quarta) 

Preços:

Plateia A 1 a A 18 – R$ 340,00 inteira / R$ 170,00 meia 

Plateia A 19 a A 41 –  R$ 280,00 inteira / R$ 140,00 meia 

Balcão – R$ 180,00 inteira / R$ 90,00 meia

Ingressos à venda: 

– no Domus Hall – sem taxa

 Horário de funcionamento:  de segunda a sábado, das 10h às 22h; no domingo, das 12h às 22h

« Voltar

MÚSICA

Cantor paraibano lança álbum produzido por filho de Gilberto Gil

NO SERTÃO

Ativista Cultural defende resgate da Lagoa dos Patos, em Patos

Veja também...

NO SERTÃO

'Pinto' é preso acusado de estuprar a própria filha em Condado

CAOS TOTAL

Vereadoras denunciam caos em creche de Patos e são impedidas pela direção de entrarem para fiscalizar

NO SERTÃO

Fátima Bocão cobra da prefeitura combate ao excesso de insetos na Feira Livre de Patos